Menu
2021-04-20T18:30:07-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
produção em baixa

Netflix decepciona em novos assinantes, mas nega impacto da concorrência

Papéis da empresa negociados na Nasdaq caíam mais de 10% no after market; pandemia impactou em novas produções, com reflexo no balanço da companhia

20 de abril de 2021
17:57 - atualizado às 18:30
TV com o logo da Netflix
TV com o logo da Netflix - Imagem: Shutterstock

A Netflix divulgou há pouco uma drástica redução no número de novos assinantes durante o primeiro trimestre, em relação ao histórico recente da companhia. No entanto, a empresa negou que a decepção seja reflexo do aumento da concorrência.

Os papéis da Netflix negociados na Nasdaq caíam mais de 10% no after market, a US$ 588,12, embora no ano acumulem alta de 48% por conta do aumento de número de assinantes em meio à pandemia.

A covid-19 é justamente a razão atribuída pela empresa para a decepção com o número de novos assinantes no início deste ano. A plataforma da empresa ganhou 3,98 milhões de membros, mas analistas esperavam 6,2 milhões, segundo a Factset.

No mesmo período do ano passado, a Netflix ganhou de 15,7 milhões de usuários.

Segundo a companhia, que agora conta com 207,64 milhões de assinantes, o avanço da covid-19 em 2020 impactou no ritmo das produções, que levou a empresa a ter um catálogo de lançamentos mais enxuto no início deste ano.

"Não acreditamos que a concorrência tenha mudado no trimestre ou que esse tenha sido um fator relevante na variação dos resultados", disse a companhia em relatório.

A Netflix tem lidado com um avanço da concorrência em todo o mundo, depois de reinar praticamente sozinha no início da era do streaming. No Brasil, por exemplo, além da plataforma da companhia, o consumidor tem acesso a serviços como Amazon Prime e Globo Play.

Retomada e outros números

A empresa diz esperar uma retomada de um ritmo mais parecido com o de pré-pandemia a partir da segunda metade deste ano. A Netflix espera investir US$ 17 bilhões ao longo de 2021 em produções, se a pandemia permitir.

Ao contrário do Brasil, os Estados Unidos estão voltando à normalidade e já esperam um crescimento de 7% da economia neste ano, enquanto a vacinação avança no país.

Além do número de assinantes, o relatório divulgado nesta terça mostrou que a receita da Netflix cresceu 24% na comparação anual, para US$ 7,1 bilhões, em linha com as projeções da Refinitiv e da própria empresa.

O lucro por ação chegou a US$ 3,75, contra US$ 2,97 esperado por analistas. Já o lucro líquido chegou a US$ 1,7 bilhão, em uma alta de 140% na comparação com o resultado de igual período do ano passado.

A Netflix projeta lucro líquido de US$ 1,8 bilhão no segundo trimestre. A receita no período chegaria a US$ 7,3 bilhões e o número de novos assinantes seria de 1 milhão, segundo expectativas da empresa.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

cardápio de balanços

Itaúsa e BTG: os balanços que mexem com o mercado nesta terça

Resultados são do primeiro trimestre de 2021, período ainda marcado pela incerteza por conta da pandemia de covid-19; veja os destaques

AGORA A SEMANA COMEÇA

Ata do Copom, IPCA e expectativa com balanços devem ditar o rumo do pregão

Aversão ao risco no exterior e cena política agitada recomendam cautela

Coronavírus no Brasil

Brasil tem 423,2 mil mortes e 15,2 milhões de casos de covid-19

Ainda há 3.744 óbitos em investigação. Isso ocorre porque há casos em que um paciente morre, mas a causa segue sendo apurada mesmo após a declaração do óbito

na b3

Leilão de aeroportos regionais de SP terá como destaque bloco de Ribeirão Preto

Segundo o governo, dos 22 aeroportos, seis já contam com serviços de aviação comercial regular e 13 têm potencial de desenvolvimento de novas rotas regulares durante a concessão

IR 2021

Imposto de renda: Posso declarar um plano de saúde internacional como gasto dedutível?

A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies