2021-09-29T18:51:58-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
Mel nos papéis

M. Dias Branco (MDIA3) sobe forte na bolsa com aquisição e entrada em alimentação saudável. Vale a pena provar as ações?

Com a aquisição da Latinex, a empresa incorporou ao seu portfólio uma série de marcas premium voltadas ao nicho de lanches e refeições mais saudáveis

29 de setembro de 2021
17:23 - atualizado às 18:51
A FIT FOOD é uma das marcas recém-chegadas à M. Dias Branco com a aquisição da Latinex - Imagem: Divulgação

A M. Dias Branco (MDIA3), que já é líder nos mercados de biscoitos e massas brasileiros, também vai matar a fome dos adeptos às refeições mais saudáveis. A empresa agora é dona da Latinex, que produz lanches, temperos, molhos e condimentos voltados ao nicho.

O negócio anunciado ontem por R$ 180 milhões foi digerido pelo mercado nesta quarta-feira (29). E, segundo indica a cotação das ações, deixou um gostinho bom na boca dos investidores: os papéis MDIA3 subiram 4,31% na sessão, encerrando o dia em R$ 33,18.

Quem também aprovou a operação, que pode chegar a um valor total de R$ 272 milhões em caso de cumprimento de metas previstas no contrato, foi o BTG Pactual. Em relatório assinado pelos analistas Thiago Duarte e Henrique Brustolin, o banco de investimentos assinala que, apesar de pequena, esta é uma aquisição simbólica para a empresa.

Caiu bem para os analistas

“A compra marca a estreia da companhia em algumas das categorias há muito tempo sinalizadas como novas avenidas de crescimento, bem como sua primeira aquisição no setor de alimentação saudável”, explicam.

Com a chegada da Latinex, a M. Dias Branco — que é já dona das massas Adria e dos biscoitos Piraquê — incorpora também ao portfólio as marcas FIT FOOD, Frontera, Smart, Taste&Co e Tyrrells, que, segundo o BTG, “focam em nichos premium que devem crescer mais que as categorias principais da M. Dias”.

Vale a pena comprar MDIA3?

Embora tenham aprovado o negócio, os analistas do BTG destacam que também há elementos na transação que podem azedar os negócios. Pela primeira vez, a companhia deverá operar em uma cadeia diferente da do trigo, onde estabeleceu seu modelo vertical integrado de produção. 

Além disso, “o posicionamento do produto, a construção da marca e até a cultura corporativa devem ser diferentes”. Por isso, enquanto aguarda para avaliar a integração das marcas, o BTG Pactual mantém a recomendação neutra para os papéis, com preço-alvo de R$ 30 para os próximos 12 meses.

Mas a opinião de que ainda não é hora de comprar os papéis não é consenso entre os analistas. De acordo com dados compilados pelo Trademap, a M. Dias Branco possui três recomendações de compra, quatro de manutenção e duas de venda.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

PROVENTO EM DÓLAR

Aura Minerals (AURA33) anuncia dividendos e programa de recompra de BDRs — veja o que muda para os acionistas

O pagamento chegará bem a tempo para o Natal dos investidores nacionais, mas para ter direito é preciso possuir os ativos em 9 de dezembro

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa perto de perder os 100 mil pontos, Petrobras na mira de Paulo Guedes e outros destaques do dia

A dinâmica dos mercados globais nos últimos dias lembra muito os primeiros momentos de incerteza que marcaram o início da pandemia do coronavírus, no início de 2020. A covid-19 não é mais uma doença desconhecida e as vacinas já estão disponíveis no mercado, mas a desigualdade na distribuição de imunizantes e a recusa de muitos […]

FECHAMENTO DO DIA

Racha no Senado e chegada de ômicron aos Estados Unidos levam o Ibovespa a renovar as mínimas do ano (mais uma vez); dólar sobe

Embora o dia tenha começado positivo para o Ibovespa e as demais bolsas globais, a variante ômicron e a dificuldade de aprovar a PEC dos precatórios azedaram os negócios

CRYPTO NEWS

Aprenda com o bitcoin: não perca o timing com a próxima promessa cripto

O mercado de criptomoedas tem colocado alguns sorrisos nos rostos de quem vem investindo nessa classe de ativos

RECEITAS EM ALTA

Acredite se quiser! Governo pode ter primeiro superávit primário desde 2013 ainda neste ano

A notícia surpreende num momento em que um dos maiores temores do mercado financeiro é justamente o descontrole das contas públicas