Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-29T00:16:25-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Vida conturbada

John McAfee, o polêmico criador do antivírus que leva seu nome, é encontrado morto em prisão

O empresário John McAfee, de 75 anos, foi encontrado morto numa prisão em Barcelona. Figura polêmica, ele era investigado por fraude fiscal

23 de junho de 2021
18:39 - atualizado às 0:16
John McAfee
Imagem: Divulgação

Hoje em dia, é comum vermos a figura dos CEOs celebridade — Elon Musk, Richard Branson, Jeff Bezos e muitos outros aparecem mais nas colunas sociais que nas páginas de economia. Mas, bem antes deles, outro executivo já se destacava por suas excentricidades e polêmicas: John McAfee, o criador dos famosos antivírus que levam seu nome.

Pois McAfee, de 75 anos, foi encontrado morto nesta quarta-feira (23), numa prisão em Barcelona — ele era acusado de fraude fiscal nos Estados Unidos e estava preso preventivamente na Espanha. As causas da morte ainda não foram reveladas pelas autoridades do país.

O empresário era conhecido por duas coisas: o pioneirismo no mercado de antivírus e o estilo de vida nada regrado. Bastante ativo nas redes sociais, McAfee postava fotos suas segurando armas, esbanjando dinheiro e dando a entender que vivia como um fugitivo.

Antivírus McAfee
Até hoje, os antivírus McAfee estão entre os mais populares no mundo

A vida conturbada de McAfee

No começo da década de 90, McAfee desenvolveu as primeiras versões do antivírus que leva seu nome — um serviço inédito até então e que foi rapidamente incorporado ao dia a dia de empresas e usuários comuns. O sucesso estrondoso da empresa atraiu a atenção da Intel, que a comprou em 2010, por US$ 7,7 bilhões.

Milionário, McAfee deu vazão às excentricidades e polêmicas. Em 2012, foi considerado suspeito pela morte de um homem — e fugiu para Belize, uma pequena ilha no Caribe.

De lá, fez uma peregrinação pelos países da América Central, sempre adotando disfarces e tingindo os cabelos; finalmente foi deportado aos EUA, onde se casou e tentou lançar uma candidatura independente à presidência do país — sem grande sucesso. Fizemos um post sobre o assunto no nosso perfil do Instagram. Confira lá e nos siga:

Em 2018, nova fuga para o Caribe: McAfee confessou ter sonegado impostos e passou a viajar de ilha em ilha, tentando escapar do governo americano — suas postagens sempre vinham com um tom conspiratório e de perseguição. Novamente tentou se candidatar à Casa Branca e, novamente, não teve sucesso na empreitada.

Junto às fugas, armas e outras bizarrices, McAfee também era nome atuante na comunidade de criptomoedas. A prisão na Espanha, inclusive, se deve à suspeita do governo americano de que o empresário teria ganho mais de US$ 10 milhões com transações não declaradas envolvendo ativos digitais.

Ele comentou as acusações no Twitter — a mensagem está fixada no topo de sua página pessoal:

"O governo americano acredita que eu tenho criptomoedas escondidas. Eu queria ter, mas tudo se desmanchou através das muitas mãos do Time McAfee (você não precisa acreditar), e os meus ativos restantes foram todos apreendidos. Meus amigos evaporaram por medo de se associarem. Eu não tenho nada, mas também não me arrependo de nada".

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Garantindo a oferta

Crescem ofertas de ações com reserva antecipada

As ancoragens normalmente conseguem atrair mais investidores, numa espécie de chancela prévia, com potencial impacto positivo no preço da ação.

alto escalão

Fleury: CFO Fernando Leão renuncia ao cargo e será substituído por José Filippo

O Fleury informou que os dois executivos trabalharão juntos em um processo de transição estruturado que se terminará em dia 31 de agosto.

brumadinho

Sindicato recorre e indenização da Vale pode chegar a R$ 3 mi a cada morto em MG

Em nota, a Vale reiterou que está comprometida em indenizar as famílias das vítimas da tragédia de Brumadinho de “forma rápida e responsável”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies