Menu
2021-04-25T13:07:12-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
novata na b3

GetNinjas conta com apoio de Stuhlberger para realizar IPO; veja os detalhes

Plataforma de contratação de serviços divulga prospecto preliminar da abertura de capital, visando expandir operações

25 de abril de 2021
13:07
getninjas logo
Imagem: YouTube

Plataforma digital para contratação de serviços ou profissionais autônomos, a GetNinjas está indo ao mercado em busca de recursos para investir na expansão de seu negócio. E conta com um investidor de peso ao seu lado, o lendário Luis Stuhlberger, para fazer acontecer.

Os detalhes da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) ficaram claros ao mercado nesta sexta-feira (23), com a divulgação de uma nova versão do prospecto preliminar da operação, trazendo a faixa indicativa de preços e a quantidade de papéis a serem emitidos.

A GetNinja pretende emitir 16.064.258 de ações na oferta primária (quando os recursos vão para o caixa da companhia) e, inicialmente, de 8.037.731 papéis na secundária (em que os acionistas vendem participação). A quantidade de ações pode ser acrescentada em até 4.822.638 ações do lote adicional e 3.616.979 ações do lote suplementar.

A faixa de preço da oferta vai de R$ 24,90 a R$ 33,50. Considerando o preço médio do intervalo (R$ 29,20) e apenas os lotes primário e secundário, a GetNinja levantaria R$ 703,7 milhões no IPO.

Juntando todos os lotes e supondo que a companhia consiga emplacar o preço mais alto, o IPO movimentaria R$ 1,1 bilhão.

O preço final será fechado pela companhia em 12 de maio, com as ações estreando dia 14 de maio na B3. Com o símbolo “NINJ”, os papéis estarão listados no Novo Mercado, o mais alto nível de governança corporativa da B3.

Os bancos BTG Pactual, J.P. Morgan, UBS e Bradesco BBI são responsáveis por coordenarem a oferta.

Ninjas ao seu dispor

A GetNinjas foi fundada em 2011 por Eduardo Orlando L’Hotellier com investimento de aproximadamente R$ 1,2 milhão dos fundos Kaszek Ventures e Monashees.

A ideia dele era criar uma plataforma online que possibilitasse que profissionais dos mais diversos segmentos anunciem seus serviços a um universo de clientes que busquem serviços de qualidade de forma rápida e prática, segundo o prospecto. Isso inclui desde eletricista até organizadores de casamentos.

Em 2013, os mesmos fundos de investimento, Kaskek e Monashees, realizaram novos aportes totalizando aproximadamente R$ 5,9 milhões. Dois anos depois, a Tiger Global realizou um investimento series B de aproximadamente R$25 milhões, e em 2018 a GetNinjas ganhou como acionista a Saint-Gobain, uma das maiores fabricantes de materiais de construção do mundo, investindo por meio de um corporate venture um valor não revelado pelo prospecto.

E em janeiro deste ano, a GetNinja recebeu um aporte de R$ 38,8 milhões da Fosthall Holdings, a fim acelerar a estratégia de crescimento no curto prazo.

A plataforma funciona da seguinte forma: os clientes fornecem detalhes do serviço que buscam contratar e a plataforma disponibiliza uma gama de profissionais, previamente cadastrados e verificados.

Em seguida, estes profissionais são avisados sobre a oportunidade de serviço. Neste momento, eles podem aceitar a solicitação na plataforma, pagando uma taxa com o pacote de moedas virtuais, as quais somente podem ser utilizadas dentro da plataforma GetNinjas, previamente adquirido pelo profissional, para receber o contato do cliente e lhe enviar um orçamento. O custo de uma oportunidade na plataforma custa em média R$ 14,20 para os profissionais.

No fim, um conjunto de até quatro opções de orçamentos são disponibilizados ao cliente e ele seleciona sua opção final baseando-se no preço, disponibilidade, condições ofertadas e avaliações prévias dos profissionais.

Atualmente, a GetNinjas está presente em mais de 3,8 mil cidades, abrangendo aproximadamente 70% dos municípios no país. No ano passado, segundo ela, foram feitas mais de 4 milhões de solicitações de serviços, representando uma solicitação a cada nova segundos. “Este valor apresenta significativa evolução frente ao número de solicitações de 2018 e 2019, os quais são 2,2 e 2,8 milhões, respectivamente”, diz trecho do prospecto.

Em 2020, a companhia transacionou R$ 963 milhões em serviços, o que representou um crescimento de 55% em relação ao ano anterior. No mesmo período, a receita cresceu 64% e totalizou a R$ 46,7 milhões em 2020.

Stuhlberger com ninjas

O IPO da GetNinjas conta com um ponto a mais. No dia 20 de abril, a empresa assinou um acordo de investimento com a Verde Asset, gestora do lendário Luis Stuhlberger, e com a Miles Capital e a Indie Capital.

Nele, os três asseguraram comprar parte da tranche primária ou secundária do IPO, no montante total de R$ 175 milhões, considerando como preço de referência o piso da faixa indicativa.

Ficou acertado que o Verde e a Miles Capital entrarão com R$ 70 milhões cada um e a Indie Capital com os outros R$ 35 milhões. Eles não poderão vender as ações pelo prazo de 180 dias.

Com o acordo, a GetNinjas garantiu que 30% da oferta base já está alocada.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Reduzindo a participação

CSN começa a se desfazer de suas ações da Usiminas

Aproveitando o bom momento do setor siderúrgico na bolsa, a CSN vendeu mais de 50 milhões de ações preferenciais da Usiminas

O melhor do Seu Dinheiro

A limonada da bolsa e do dólar, as ações mais indicadas do mês e outros destaques da semana

A semana que passou tinha tudo para ser bem azeda para os investidores. No cardápio de notícias dos últimos dias tivemos: A alta da taxa básica de juros e a sinalização de que novos ajustes vêm por aí; Muito barulho político com a CPI da Covid; O projeto da reforma tributária de volta à estaca […]

Seu Dinheiro na sua noite

O grande respiro do câmbio e mais…

“Ih, vai ser uma semana daquelas”, pensei eu na segunda-feira, ao olhar a agenda de eventos previstos para os dias seguintes. Teríamos decisão do Copom e relatório de empregos nos EUA — e isso sem contar os inúmeros balanços corporativos. Em semanas assim, eu gosto de traçar alguns cenários na minha cabeça: se o BC […]

Fechamento da semana

Real ganha do dólar na semana e bolsa sobe mais de 2% com economia americana nem tão aquecida e Copom incisivo

Os problemas domésticos foram para baixo do tapete e os fatores externos ajudaram o Real a se valorizar e a bolsa a romper resistências importantes. Confira um resumo da semana.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies