Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-27T16:43:47-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
desigualdade de gênero

Fundos têm que investir em empresas com mulheres no conselho, diz Luiza Trajano

No Brasil, 8% das posições em conselhos de administração, instância estratégia de uma companhia, são ocupadas por mulheres

27 de janeiro de 2021
16:42 - atualizado às 16:43
Luiza Helena Trajano
Brasil, São Paulo, SP, 21/05/2018. Retrato de Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho das lojas Magazine Luiza durante entrevista em São Paulo. - Imagem: NILTON FUKUDA/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

A presidente do conselho do Magazine Luiza, Luiza Trajano, disse que é importante que os fundos invistam em empresas que tenham pelo menos "uma ou duas mulheres" no próprio conselho de administração.

Obrigatório entre empresas de capital aberto, o conselho de administração é uma espécie de colegiado que representa os acionistas. A instância têm forte influência nas definições estratégicas de uma companhia.

Daí a preocupação de Trajano, que vê a participação das mulheres no conselho como uma influência decisiva no estímulo de políticas de equidade de gênero dentro das companhias.

A empresária, que falou nesta quarta-feira (27), em um evento do Credit Suisse, defendeu a política de cotas dentro das empresas. Para ela, sem cotas levaria muito tempo para ter ao menos uma mulher no conselho de administração das grandes companhias.

"Cota é um processo para corrigir a desigualdade", disse. Trajano também se referia a necessidade da medida em outras instâncias de uma empresa, e não só para garantir a participação de mulheres, mas de outras minorias.

Estudos recentes mostram que no Brasil 8% das posições em conselhos de administração são ocupadas por mulheres. Segundo o Credit Suisse, a média global avançou de 15,3% em 2015 para 20,6% em 2019.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

AMPLIANDO A BASE

Em busca do pequeno investidor, BR Partners (BRBI11) fecha preço de oferta de ações; papéis sobem

Banco havia realizado IPO em junho do ano passado em operação que permitia a compra dos papéis nos primeiros 18 meses apenas por investidores que tivessem mais de R$ 1 milhão em aplicações, os chamados investidores qualificados

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) avança para os US$ 38 mil antes da decisão de política monetária do Fed, mas semana ainda é difícil para mercado de criptomoedas

Investidores aguardam maiores informações sobre a retirada de estímulos e alta nos juros por parte do Banco Central americano

EXILE ON WALL STREET

Para triunfar, antes é preciso atravessar: confira três dicas importantes para seguir antes de investir

Antes de tomar qualquer decisão no calor do momento, seja pelo excesso de otimismo ou por um receio em demasia, é necessário ter em mente três lições para investir bem e com prudência

FOME POR EXPANSÃO

BTG Pactual (BPAC11) compra 100% da carteira da Planner Investimentos e acirra disputa com XP por agentes autônomos

Com o negócio, a corretora Planner vai deixar de atuar na corretagem e assessoria de investimentos para pessoas físicas

SÓ NO TAPETINHO

Petz (PETZ3) fecha aquisição da Petix pela liderança no mercado de tapetinhos higiênicos e ações disparam

Em mais uma investida viabilizada por oferta subsequente realizada no fim do ano passado, Petz precifica a dona da marca SuperSecão em R$ 70 milhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies