Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-07T08:54:41-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Além do bitcoin

Vitreo lança primeiro fundo que investe em gamecoins, as moedas digitais de jogos como o Axie Infinity (AXS)

Tokens ligados a games viraram a sensação recente do mercado de criptomoedas ao permitir que gamers ganhem dinheiro enquanto jogam

6 de outubro de 2021
7:15 - atualizado às 8:54
criptomoeda AXS

O dinâmico e instável universo das criptomoedas ganhou uma nova frente de crescimento com as chamadas gamecoins, as moedas digitais dentro de jogos eletrônicos que viraram a sensação recente do mercado. Mas você não precisa entender de videogame e nem mesmo jogar para lucrar com essa tendência.

A gestora e plataforma de investimentos Vitreo anuncia hoje o lançamento dos primeiros fundos do mercado brasileiro que investem em gamecoins: o Cripto NFT e o Vitreo Coin NFT.

A sigla NFT que batiza os novos fundos da Vitreo vem de “token não fungível”, em inglês. Os certificados digitais ficaram famosos no começo do ano com a venda de obras de arte digitais, algumas na casa de milhões de dólares.

Mas o foco dos fundos da Vitreo não está na arte, mas no uso dos NFTs para viabilizar a criação de moedas ligadas a games. A diferença entre os dois está na exposição às moedas e no público-alvo. Mas antes de falar dos fundos, vamos começar contando um pouco mais sobre esse mercado.

O que são as gamecoins

Você já deve ter ouvido falar do Axie Infinity (AXS), a criptomoeda que dá nome ao jogo play-to-earn (jogue para ganhar) mais famoso do mundo. Famoso não porque é divertido, mas por permitir que os jogadores sejam remunerados em criptomoedas conforme evoluem no jogo.

Essas gamecoins podem ser vendidas depois no mercado, e essa é a segunda razão para a fama do Axie Infinity. Desde o início do ano, o AXS — o token ligado ao jogo — subiu mais de 35.000%.

O que os fundos lançados pela Vitreo fazem é atuar nessa segunda camada, identificando as gamecoins com maior potencial de valorização, segundo Jojo Wachsmann, CIO da Vitreo.

Exposição ao NFT

Agora falando diretamente sobre os fundos, o Vitreo Cripto NFT será destinado a investidores qualificados, ou seja, aqueles que possuem mais de R$ 1 milhão em ativos financeiros ou algum tipo de certificação especial, de acordo com a CVM. O investimento mínimo é de R$ 5 mil, com taxa de administração de 1,40% ao ano.

Os NFTs de gamecoins que compõem a carteira do fundo da Vitreo fazem parte das recomendações de André Franco, especialista em criptomoedas da Empiricus. 

Para atender ao público de varejo, a gestora também lançará uma segunda versão do fundo. O Vitreo Coin NFT terá uma exposição máxima de 20% às gamecoins para atender as limitações da xerife do mercado de capitais.

Na versão "light", o investimento mínimo fica em R$ 1.000, com taxa de administração em 0,34% ao ano. Além dos NFTs, o restante do fundo será composto por ETFs (fundos de índice, na sigla em inglês) monoativos em criptomoedas da bolsa brasileira, "mas com possibilidade de usar outros ETFs", segundo Jojo. Saiba mais sobre os fundos.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Ora, pois

Bradesco deve abrir base em Portugal para ‘seguir’ milionários brasileiros

Movimento de migração de famílias clientes do segmento private do banco após a pandemia levou à retomada dos estudos para entrar no mercado lusitano

De volta aos dois dígitos

Mercado já vê juros de até 11% em 2022

Drible no teto de gastos gerou movimento generalizado nas instituições financeiras para revisar para cima suas projeções para a taxa de juros

Óleo e gás

3R Petroleum (RRRP3) certifica reservas provadas de 185,1 milhões de barris

Companhia divulgou resultado da certificação de reservas do Campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos, cuja participação foi adquirida da Petrobras

Valor intangível

As 10 marcas mais valiosas do mundo em 2021 – a líder vale US$ 408,2 bilhões

Apple lidera ranking da Interbrand, seguida de outras big techs; com alta de 184%, Tesla foi a marca com maior salto no seu valor no último ano

Contrata-se

Fintechs fazem mercado de vagas crescer 466%, com foco em tecnologia

Startups de tecnologia para o mercado financeiro procuram talentos sobretudo na área de TI, e alguns processos seletivos são exclusivos para mulheres

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies