Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-28T10:52:07-03:00
Estadão Conteúdo
Alta de 4%

Taxa de desemprego fica em 14,1% no trimestre até novembro, afirma IBGE

No trimestre móvel encerrado em outubro, a taxa de desocupação ficou em 14,3%.

28 de janeiro de 2021
10:52
desemprego
Imagem: Shutterstock

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 14,1% no trimestre móvel encerrado em novembro de 2020, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) mensal divulgados na manhã desta quinta-feira, 28, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia também:

Em igual trimestre móvel de 2019, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 11,2%. No trimestre móvel encerrado em outubro, a taxa de desocupação ficou em 14,3%.

A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.517 no trimestre móvel até novembro. O resultado representa alta de 4,0% em relação a igual trimestre móvel de 2019. A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 210 bilhões no trimestre móvel encerrado em novembro, queda de 5,9% ante igual período de 2019.

Ocupação

O Brasil alcançou uma população ocupada de 85,578 milhões de trabalhadores no trimestre móvel encerrado em novembro, segundo os dados da Pnad Contínua agora divulgados. Na comparação com o trimestre móvel anterior, houve alta de 4,8%, sinalizando a geração de 3,912 milhões de postos de trabalho em um trimestre.

Com a alta na população ocupada de um trimestre móvel para o outro, o nível de ocupação ficou em 48,6%, 1,8 ponto porcentual acima do registrado no trimestre móvel até julho. Com a pandemia de covid-19, o nível de ocupação caiu abaixo de 50% pela primeira vez na série histórica da Pnad Contínua.

Na comparação com igual trimestre de 2019, a população ocupada apresenta um tombo de 9,4%. Isso aponta que, em um ano, 8,838 milhões de vagas de trabalho foram fechadas.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

RAIO-X DO ORÇAMENTO

Fundo eleitoral, emendas do relator e reajuste dos servidores: 3 pontos do Orçamento para 2022 que mexem com a bolsa esta semana

Entre emendas parlamentares superavitárias e reajuste dos policiais federais, o Orçamento deve ser publicado no Diário Oficial na segunda-feira (24)

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies