Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-10T09:50:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
relatório focus

Mercado diminui projeção para o dólar em 2021 de R$ 5,40 para R$ 5,35

Há um mês a expectativa registrada no Focus era de R$ 5,37. Para 2022, a projeção para o câmbio permaneceu em R$ 5,40

10 de maio de 2021
9:48 - atualizado às 9:50
Dólar em queda
Imagem: Shutterstock

As expectativas para o dólar no fim de 2021 foram alteradas de R$ 5,40 para R$ 5,35, segundo relatório de mercado Focus, divulgado nesta segunda-feira, 10, pelo Banco Central (BC).

Há um mês a expectativa era de R$ 5,37. Para 2022, a projeção para o câmbio permaneceu em R$ 5,40, ante R$ 5,25 de quatro pesquisas atrás.

Na sexta-feira (7), a moeda americana fechou o dia cotada a R$ 5,2286, a mínima do ano. Veja como foi o dia dos mercados na cobertura do Seu Dinheiro.

PIB

Os economistas do mercado financeiro alteraram suas projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2021. A expectativa para a economia este ano passou de alta de 3,14% para elevação de 3,21%.

Há quatro semanas, a estimativa era de 3,08%. Para 2022, o mercado financeiro alterou a previsão do PIB de alta de 2,31% para 2,33%. Quatro semanas atrás, também estava em 2,33%.

No Focus agora divulgado, a projeção para a produção industrial de 2021 foi de alta de 5,03% para 5,50%. Há um mês, estava em elevação de 5,39%. No caso de 2022, a estimativa de crescimento da produção industrial seguiu em 2,00%, ante 2,49% de quatro semanas antes.

A pesquisa Focus mostrou ainda que a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2021 seguiu em 65,00%. Há um mês, estava em 64,60%. Para 2022, a expectativa foi de 66,30% para 66,20%, ante 66,40% de um mês atrás.

Selic e Inflação

O Fucus trouxe nesta segunda que a mediana das previsões para a Selic neste ano seguiu em 5,50% ao ano. Há um mês, estava em 5,25%.

No caso de 2022, a projeção permaneceu em 6,25% ao ano, ante 6,00% de um mês antes. Para 2023, seguiu em 6,50%, igual a quatro semanas atrás. Para 2024, permaneceu em 6,50%, ante 6,25% de um mês atrás.

A mediana para o IPCA este ano foi de alta de 5,04% para 5,06%. Há um mês, estava em 4,85%. A projeção para o índice em 2022 seguiu em 3,61%. Quatro semanas atrás, estava em 3,53%.

O relatório Focus trouxe ainda a projeção para o IPCA em 2023, que seguiu em 3,25%. No caso de 2024, a expectativa permaneceu em 3,25%. Há quatro semanas, essas projeções eram de 3,25% para ambos os casos.

A projeção dos economistas para a inflação está acima do centro da meta de 2021, de 3,75%, sendo que a margem de tolerância é de 1,5 ponto (de 2,25% a 5,25%).

A meta de 2022 é de 3,50%, com margem de 1,5 ponto (de 2,00% a 5,00%), enquanto o parâmetro para 2023 é de inflação de 3,25%, com margem de 1,5 ponto (de 1,75% a 4,75%).

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O Ibovespa na contramão do mundo, o impulso das commodities, a pressão dos servidores públicos e tudo o que agitou os mercados nesta terça

Nada como uma perspectiva de aperto monetário para segurar o desempenho dos ativos de risco. E nesta terça-feira (18), os mercados financeiros americanos voltaram do feriado colocando nos preços a expectativa dos investidores com a alta dos juros e a redução dos estímulos monetários nos Estados Unidos. O resultado foi uma disparada nos juros futuros, […]

Fechamento Hoje

Ibovespa sobrevive a mar vermelho no exterior e consegue fechar em alta; avanço nos retornos dos Treasuries pesa nos juros e no câmbio

Principal índice da B3 lutou para se manter no lado positivo ao longo de todo o pregão, com ajuda das commodities; dólar, porém, também fechou em alta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies