Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-02-04T18:17:40-03:00
Estadão Conteúdo
Tragam água

Governo federal mantém usinas térmicas acionadas diante do baixo nível dos reservatórios

De acordo com a nota, a situação é mais crítica no subsistema Sudeste e Centro-Oeste, região concentra as usinas hidrelétricas mais importantes do País

4 de fevereiro de 2021
10:14 - atualizado às 18:17
leilão energia
Imagem: Shutterstock

Com a permanência dos níveis dos reservatórios de hidrelétricas baixos, o governo decidiu manter as usinas termelétricas acionadas e a importação de energia elétrica. A decisão foi tomada pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), órgão presidido pelo Ministério de Minas e Energia, em reunião realizada nesta quarta-feira, 3.

A decisão do órgão deve seguir as diretrizes estabelecidas no início de janeiro, quando o CMSE limitou o despacho das térmicas e a compra de energia de outros países até 16,5 mil megawatts (MW) médios. Na ocasião, o MME explicou que a medida privilegia o uso de usinas mais baratas.

Segundo a pasta, a decisão visa a "menor degradação dos armazenamentos dos reservatórios". "Diante da permanência dos cenários de afluências críticas, baixos armazenamentos nos reservatórios das usinas hidrelétricas e restrições relativas aos usos múltiplos da água, o CMSE manteve a diretriz de adoção das medidas excepcionais para o devido atendimento à carga", diz em nota.

Preocupante

De acordo com a nota, a situação é mais crítica no subsistema Sudeste/Centro-Oeste, que finalizou o mês de janeiro com 23,2% de armazenamento - menor nível desde 2015. A região concentra as usinas hidrelétricas mais importantes do País. Já os reservatórios do Sul apresentaram uma expressiva recuperação, com armazenamento atual de 52,9%.

As perspectivas são de aumento das precipitações em grande parte da área central do País, "o que deverá refletir em aumento de chuvas em importantes bacias na região Sudeste."

O colegiado também aprovou proposta do Operador Nacional do Sistema (ONS) para aprimorar a avaliação da necessidade do uso de térmicas mais caras. No setor elétrico, isso significa quando decidem acionar usinas pelo critério "fora da ordem de mérito". A medida, segundo o MME, vai auxiliar na decisão da necessidade ou permanência do uso dessas usinas para garantir o fornecimento de energia.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

de olho na inovação

Amazon sinaliza interesse por criptomoedas em anúncio de emprego

Empresa procura “um líder de produto experiente para desenvolver a estratégia e o roadmap de produtos e moedas digitais

balanço em foco

Lucro da Hypera Pharma aumenta 18% no segundo trimestre

Cifra chegou a R$ 470,6 milhões no período; companhia obteve alta de 43,5% na receita líquida, a R$ 1,5 bilhão

seu dinheiro na sua noite

Quebrando recordes na corrida dos ETFs

A pira foi acesa em Tóquio: os Jogos Olímpicos estão oficialmente abertos — e eu estou empolgadíssimo. Não sei vocês, mas eu adoro as Olimpíadas, principalmente os esportes não muito convencionais. Claro, é legal assistir futebol, vôlei e basquete, mas eu gosto mesmo é de ver as modalidades que nunca passam na TV. Duelo de […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Inflação salgada pressiona juros, mas dados americanos amenizam alta do dólar — já a bolsa não escapou da queda

Em semana recheada de ruídos políticos e incertezas, o Ibovespa acumulou uma queda de 0,72%. Já o dólar à vista subiu 1,86%, a R$ 5,2105

de olho no ir

Alta da arrecadação não dá ‘total liberdade’ para reduzir impostos, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt considerou também que a reforma do IR ainda está em aberto, com muito para se discutir

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies