Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-24T14:17:35-03:00
Estadão Conteúdo
Economia dos EUA

Fed prevê alta inflação, mas vê expectativas ‘ancoradas’ nos próximos meses

Uma das diretoras do banco central dos EUA garantiu que a instituição agirá caso o movimento inflacionário saia do controle

24 de maio de 2021
13:41 - atualizado às 14:17
Edifício do Fed em Washington
Edifício do Fed em Washington - Imagem: Shutterstock

Diretora do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Lael Brainard disse nesta segunda-feira que espera leituras altas de inflação nos próximos meses, devido ao processo de reabertura da economia, após as restrições impostas por conta do coronavírus, além de gargalos na cadeia produtiva. Os comentários foram feitos durante evento virtual.

No entanto, a dirigente ponderou que as expectativas de longo prazo dos índices de preços permanecem "bem ancoradas" e que a tendência aponta para o predomínio de forças desinflacionárias.

De qualquer forma, ela garantiu que o Fed agirá caso o movimento inflacionário saia do controle.

Criptomoedas

Sobre criptmoedas, Brainard alertou para o risco de que a popularização das stablecoins leve a uma fragmentação do sistema de pagamentos, ao disseminar o uso de diferentes formas de dinheiro privado.

Stablecoins são moedas virtuais atreladas a qualquer ativo estável, criadas com o objetivo de controlar a volatilidade das criptomoedas. Como podem ser emitidas por qualquer ente privado, elas carecem da proteção legal das divisas públicas, o que pode expor consumidores e empresas a risco, de acordo com Brainard.

"Uma predominância de dinheiro privado pode introduzir riscos de proteção ao consumidor e estabilidade financeira devido à sua volatilidade potencial e ao risco de comportamento semelhante ao de uma corrida", explicou ela.

Segundo a dirigente, para tentar atenuar esses riscos, o Fed estuda uma possível adoção de moeda digital emitida por banco central (CBDC, na sigla em inglês).

"Ao introduzir dinheiro seguro do banco central que seja acessível a famílias e empresas em sistemas de pagamentos digitais, um CBDC reduziria o risco da contraparte e a proteção do consumidor associada e os riscos de estabilidade financeira", ressaltou.

Brainard acrescentou que as CBDCs podem melhorar a inclusão financeira e ajudar a preservar a transmissão da política monetária. Para ela, os Estados Unidos precisam liderar as discussões sobre padrões internacionais dessas divisas.

"O Federal Reserve continua comprometido em garantir um sistema de pagamentos seguro, inclusivo, eficiente e inovador que funcione para todos os americanos", concluiu, acrescentando que a instituição abrirá uma consulta pública sobre o tema.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies