Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-09T12:14:18-03:00
Estadão Conteúdo
perspectivas para recuperação

Em ata, BCE diz que inflação deve subir mais no 2º semestre com fatores temporários

Documento destaca ainda que, para o comando do BCE, a recuperação “ainda é frágil” e depende muito do andamento da pandemia da covid-19

9 de julho de 2021
12:14
Frankfurt,Am,Main,,Germany,-,June,28,,2020:,The,Euro-skulptur
Imagem: Shutterstock

A ata da reunião de 9 e 10 de junho do Banco Central Europeu (BCE), divulgada há pouco, mostrou que os dirigentes da instituição preveem que os preços ganharão fôlego no segundo semestre na zona do euro, mas graças a fatores temporários, recuando adiante.

O documento destaca ainda que, para o comando do BCE, a recuperação "ainda é frágil" e depende muito do andamento da pandemia da covid-19.

O BCE aponta que efeitos de base de comparação, por exemplo no setor de energia, têm puxado para cima a inflação regional, em meses recentes. Além disso, vê um quadro de aceleração no ritmo da vacinação contra a covid-19 nos principais países da zona do euro.

A alta proporção de vacinados reforça a confiança dos consumidores na retomada, diz a ata. A reabertura "tem sido consideravelmente mais rápida e economicamente mais forte do que o esperado pela maioria dos analistas", segundo ela.

A expectativa sobre a recuperação leva investidores a esperar mais inflação, com reajuste em ativos, afirma o BCE.

O banco central espera que a inflação ganhe mais fôlego no segundo semestre, mas atribui isso ainda a fatores temporários, que devem se dissipar e fazer os preços voltarem a declinar. Para o BCE, as pressões subjacentes sobre os preços "seguem contidas".

O BCE afirma que o relaxamento em restrições à circulação em alguns países permitiu a retomada da zona do euro no segundo trimestre.

Além disso, destaca o papel do estímulo fiscal para dar "apoio significativo ao crescimento no horizonte da previsão".

Para os dirigentes, os riscos à perspectiva de crescimento "estão equilibrados", no quadro atual, embora eles também tenham ressaltado o quanto o rumo da emergência de saúde será decisivo para a economia.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Mais uma empreitada

Do espaço para as fazendas: Elon Musk consegue licença para oferecer internet via satélite no Reino Unido

A Starlink, segundo informações do jornal Telegraph, quer chegar a regiões onde a cobertura por fibra e 5G não alcançam, e tem planos mais ambiciosos

Leão faminto

Carga pesada: Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão

Monitoramento da Associação Comercial de São Paulo mostra que, no ano passado, marca foi atingida somente no dia 28 de setembro

Muita calma nessa hora

Tem Vale Gás? Petrobras diz que não há definição sobre participação em programas sociais

Manifestação vem depois que o presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que a estatal tem R$ 3 bilhões em reservas para custear ajuda

Clube do Livro

Batalhas sem arma: Em “Cripto Wars”, Jim Rickards explica guerras cambiais e agora, com criptomoedas

Autor, conhecido também por suas previsões certeiras sobre o bitcoin, fala de como a tecnologia mudou as estratégias financeiras dos países

RUMO AO MILHÃO

O primeiro e mais importante investimento para quem atingir o primeiro milhão (ou ir além)

Por mais que você busque o conforto e a segurança de uma promessa de retorno garantido, digo, com convicção, que o único investimento com retorno garantido em longo prazo é aquele feito em educação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies