Menu
2021-01-29T12:12:19-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
ops, i did it again

Fator “Elon Musk” faz bitcoin subir mais de 17%

Bilionário troca biografia dele no Twitter por referência à criptomoeda e provoca alta da cotação

29 de janeiro de 2021
12:12
Elon Musk, CEO da Tesla
Elon Musk, CEO da Tesla - Imagem: Reprodução YouTube

Quem investe em bitcoin ganhou mais um fator para prestar atenção, para além das questões macroeconômicas e de política monetária. Este fator tem nome, sobrenome e rosto: Elon Musk.

Vira e mexe, quando o excêntrico bilionário fundador da Tesla e da SpaceX faz alguma referência a respeito da criptomoeda, a sua cotação dispara ou despenca.

O mais recente movimento dele foi mais para um toque de Midas disfarçado. Bastou ele colocar na sua biografia “#bitcoin” e o símbolo da moeda virtual para que sua cotação subisse fortemente nesta sexta-feira (29):

Só isso foi suficiente para uma corrida pela moeda. Por volta das 12h10, ela subia 17,49%, a US$ 37.497,00. Acompanhe a cobertura de mercados do Seu Dinheiro.

De tentação à realidade

Aparentemente Musk se rendeu ao bitcoin, depois de inicialmente afirmar que não estava “nem aqui, nem lá” a respeito da moeda.

No fim de 2020, ele tuitou um meme em que sugeria ser tentado pelo bitcoin a todo instante:

Tendo visto a publicação, o empresário Michael Saylor, que é um grande defensor da criptomoeda, respondeu sugerindo a Musk a conversão do balanço patrimonial de dólares para bitcoin. Na tréplica, o CEO da Tesla perguntou se transações daquele tamanho eram possíveis.

Mais tarde, recuou e tuitou que "Bitcoin é quase tão barato quanto dinheiro fiduciário".

O bilionário demonstra fascínio por criptomoeda, a ponto de apostar que uma colônia humana em Marte (Musk tem planos de levar pessoas ao planeta vermelho até 2026) utilizará criptomoedas como meio de pagamentos

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Seleção da bolsa

As ações favoritas para o mês de março, segundo 13 corretoras

Com o cenário de incertezas ainda em alta, o mercado opta mais uma vez para papéis que podem atuar como porto seguro. Confira as principais recomendações dos analistaws

Sextou com o Ruy

A rentabilidade do vizinho é maior que a sua? Tome cuidado com os ganhos dos “traders perfeitos”

A inveja é, sem dúvida alguma, uma das piores inimigas de um investidor – isso se não for a pior. E quando estamos em um bull market (mercado em alta) parece que temos que lidar o tempo todo com ela

Vêm proventos por aí

B3 anuncia quase R$ 2 bi em dividendos, além de recompra e desdobramento de ações

Conselho de administração da companhia aprovou pagamento de dividendos do quarto trimestre e dividendos extraordinários referentes a 2020

Cenário pandêmico

B3 lucra R$ 4,2 bilhões em 2020, alta de 53%, com volatilidade dos mercados, ofertas de ações e juros baixos no Brasil

Cenário pandêmico acabou beneficiando os resultados da companhia, resultando em volatilidade e juros baixos que impulsionaram investidores e empresas a recorrerem ao mercado de capitais

O melhor do seu dinheiro

A semana que vem, enfim, chegou

Depois de uma série de adiamentos, a PEC Emergencial enfim foi aprovada em dois turnos pelo Senado. A medida permitirá o retorno do auxílio emergencial, que ficará limitado ao teto de R$ 44 bilhões, que quase foi derrubado, mas acabou ficando. O texto segue agora para a Câmara dos Deputados. O avanço foi comemorado pelo […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies