Menu
2021-04-09T18:36:08-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Fim do sonho

B3 põe fim ao plano de expansão na América Latina e vende participação no México

A compra de participações na América Latina era um dos planos da bolsa brasileira ainda na gestão de Edemir Pinto, que deixou o comando da B3 em 2017

9 de abril de 2021
10:26 - atualizado às 18:36
B3
Sede da B3, localizada no centro da capital paulista. - Imagem: Shutterstock

A B3 decidiu dar fim ao plano de internacionalização da companhia, que previa a compra de participações minoritárias em outras bolsas latino-americanas.

A dona da Bovespa, BM&F e Cetip anunciou na manhã desta sexta-feira a venda das ações na Bolsa Mexicana de Valores. A B3 detinha 4,1% do capital da empresa, em uma participação avaliada em R$ 194 milhões. Não está claro se esse é o valor do negócio. Procurada, a B3 informou que o tratamento contábil da transação ainda está sendo avaliado.

Em um breve comunicado, a bolsa deixou claro que esse movimento não é pontual. “O desinvestimento está em linha com a estratégia da B3 de focar seus esforços principalmente nas oportunidades de crescimento e desenvolvimento dos mercados financeiro e de capitais locais”, informou a B3.

A expansão na América Latina era um dos planos da bolsa brasileira ainda na gestão de Edemir Pinto, que deixou o comando da empresa em 2017. O objetivo era comprar uma fatia de até 15% nas operadoras dos mercados da região.

Além do México, a B3 detinha participações minoritárias nas bolsas do Chile, Colômbia e Peru no fim do ano passado — e que provavelmente terão o mesmo destino.

No pregão de hoje, as ações da B3 (B3SA3) fecharam em queda de 1,13%, a R$ 55,22.

Leia também:

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Reduzindo a participação

CSN começa a se desfazer de suas ações da Usiminas

Aproveitando o bom momento do setor siderúrgico na bolsa, a CSN vendeu mais de 50 milhões de ações preferenciais da Usiminas

O melhor do Seu Dinheiro

A limonada da bolsa e do dólar, as ações mais indicadas do mês e outros destaques da semana

A semana que passou tinha tudo para ser bem azeda para os investidores. No cardápio de notícias dos últimos dias tivemos: A alta da taxa básica de juros e a sinalização de que novos ajustes vêm por aí; Muito barulho político com a CPI da Covid; O projeto da reforma tributária de volta à estaca […]

Seu Dinheiro na sua noite

O grande respiro do câmbio e mais…

“Ih, vai ser uma semana daquelas”, pensei eu na segunda-feira, ao olhar a agenda de eventos previstos para os dias seguintes. Teríamos decisão do Copom e relatório de empregos nos EUA — e isso sem contar os inúmeros balanços corporativos. Em semanas assim, eu gosto de traçar alguns cenários na minha cabeça: se o BC […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies