Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-05T12:38:31-03:00
Estadão Conteúdo
Preço da gasolina

Abicom: preço da gasolina está 12% abaixo do mercado internacional; do diesel, 7%

Abicom reforça que a desvalorização do real frente ao dólar também não justifica a manutenção dos preços da Petrobras

5 de julho de 2021
12:38
Gasolina
Imagem: Shutterstock

A Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom) acusa a Petrobras de manter uma "elevada" defasagem dos preços da gasolina e do óleo diesel, em relação ao mercado internacional. Por isso, acredita que a estatal vai anunciar em breve um reajuste de preços. Pelo cálculo da entidade, a gasolina brasileira está, em média, 12% mais barata do que a comercializada no exterior e o óleo diesel, 7%.

"A valorização dos derivados no mercado internacional amplia defasagens. A alta pressiona os preços domésticos de combustíveis e operações de importação seguem inviabilizadas", afirmou o presidente da associação, Sérgio Araujo.

A Petrobras, no entanto, toda vez que é acusada de segurar seus preços, reafirma a sua política de paridade de importação. Isso significa que, para definir os valores dos seus combustíveis, a empresa considera o preço internacional, câmbio e custos logísticos.

Mas, desde que o general Joaquim Silva e Luna assumiu o comando da empresa, a gasolina e o diesel não aumentaram. O argumento é que as revisões acontecerão em prazos mais longos, para evitar o repasse ao consumidor de oscilações externas momentâneas.

Já a Abicom reforça que a desvalorização do real frente ao dólar também não justifica a manutenção dos preços da Petrobras. Além disso, de acordo com a entidade, o mercado internacional mantém sinais de que o petróleo continuará em patamares elevados neste ano.

"A Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) teve acordo sobre o aumento gradual de oferta até o fim deste ano. Sem consenso em relação ao planejamento de 2022, o grupo retoma hoje as discussões sobre manutenção do acordo ou renovação a partir do próximo ano. Mesmo com discussões em andamento, futuros do Brent têm suporte dos ganhos. No momento, cotações superam US$ 76 por barril", afirma a Abicom.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Expandindo a carteira digital

De olho no open banking, PicPay compra Guiabolso e expande ainda mais a carteira

O PicPay comprou o Guiabolso e, com isso, tornou-se player relevante nas discussões de open banking, além de dar continuidade à expansão

Acordo fechado

Samarco e advogados entram em acordo para reduzir honorários em mais de 80%

Até então, uma decisão na justiça tornava a administração judicial do processo a mais cara da história

Cripto-Unicórnio

Plataforma de negociação de NFT é primeiro unicórnio do mundo cripto com US$ 1,5 bi em valor de mercado

Em meio ao crash do mercado, a negociação de NFTs esfriou significativamente, mas voltaram a subir nos últimos meses

Sondagem Industrial

Pandemia ainda afeta oferta e custo de matérias-primas, afirma CNI

O problema é mencionado por 68,3% das indústrias pesquisadas. Em seguida, a elevada carga tributária (34,9%) e a taxa de câmbio (23,2%)

Exile on Wall Street

Para ser faixa-preta nos investimentos é preciso ter a paciência japonesa

Na literatura de alocação de ativos, “momentum” é a tendência que um ativo tem de continuar subindo apenas porque… já vem subindo. Nos últimos 30 anos, dezenas de estudos acadêmicos e gestores sistemáticos praticantes têm validado a existência de um prêmio por momentum no mercado de ações. Contrariando o senso comum, seria possível ganhar dinheiro […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies