Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-30T09:22:28-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Agora vai?

Saindo diretamente do pet shop, Dogecoin quer se tornar um projeto sério. Afinal, é hora de investir em DOGE?

Os especialistas seguem com a recomendação de cautela na hora de investir em criptomoedas. Mas o dogecoin nunca foi levado a sério… Até agora

27 de agosto de 2021
12:17 - atualizado às 9:22
bitcoin ethereum e dogecoin
Bitcoin, Ethereum e... Doge? Dogecoin virou moeda séria agora? -

A piada foi longe demais? Os fundadores da criptomoeda meme Dogecoin (DOGE) relançaram a Dogecoin Foundation e publicaram um documento intitulado “adivinha quem voltou?” para dar um novo foco para a moeda digital. 

A Dogecoin Foundation conta com uma sólida equipe de conselheiros. Entre eles, os co-fundadores do Ethereum (ETH), a segunda principal criptomoeda do mercado, Vitalik Buterin e Jared Birchall, além do CEO da Tesla, o bilionário Elon Musk. 

O anúncio foi feito na conta oficial de Twitter da Dogecoin Foundation:

Dogecoin: Agora vai?

O documento de apresentação do novo projeto afirma que a Dogecoin Foundation não pretende tornar o DOGE uma criptomoeda centralizada, como a XRP, por exemplo. O grupo deve discutir aplicações e focar no desenvolvimento da blockchain do Dogecoin

“A Fundação também está olhando para o futuro mais amplo do ecossistema Dogecoin e, nas próximas semanas, anunciará novos projetos que complementarão a carteira principal atual, para permitir uma integração mais rápida e APIs mais fáceis para projetos financeiros, sociais e de caridade que desejam usar o Dogecoin”, afirma parte da nota.

O grupo chegou a lançar um manifesto, explicando os pontos técnicos e sociais do projeto Dogecoin. Confira o texto na íntegra:

“Nós somos Dogecoin, o cripto-movimento que faz as pessoas sorrirem.

Estamos desenvolvendo uma moeda para as pessoas e nos esforçamos para fazer apenas o bem todos os dias. Por meio deste trabalho, temos como valores:

Sermos úteis, pois valorizamos a usabilidade em vez do brilhantismo técnico.

Sermos pessoais, pois valorizamos os indivíduos e as interações em detrimento da economia com fins lucrativos.

Sermos acolhedores, pois valorizamos a colaboração e a confiança em detrimento da competição e exclusividade.

Sermos confiáveis, pois valorizamos as soluções de trabalho em vez da velocidade de entrega.

Ou seja, embora haja valor nos itens da direita, valorizamos mais os itens da esquerda.

Signatários,

- Billy Markus

- Gary Lachance

- Jens Wiechers

- Max Keller

- Michi Lumin

- Ross Nicoll

- Timothy Stebbing

15 de agosto de 2021”

O que pensam os especialistas?

Não custa nada lembrar: os especialistas nunca recomendaram o investimento em Dogecoin (DOGE). A criptomoeda sobe ou cai vertiginosamente puxada e empurrada por boatos ou por pura diversão dos envolvidos. 

O Dogecoin nasceu como uma moeda meme, sem nenhum fundamento. Com essa mudança, os especialistas querem “ver para crer” no futuro do DOGE.

Bernardo Teixeira, CFO do Grupo Ripio, vê com bons olhos os próximos passos do Dogecoin. “Tem uma comunidade muito engajada, uma rede crescente de aceitação no mundo offline e muitos investidores, inclusive alguns dos homens mais ricos do mundo, como Elon Musk e Mark Cuban”, afirma. 

E continua: “listamos o ativo neste momento porque era uma grande demanda da comunidade da Ripio, mas também com expectativas de ver qual será seu crescimento no longo prazo”.

Portanto, vale a máxima do mercado cripto nesses casos: o investimento em criptomoedas é extremamente arriscado e especialistas recomendam cautela antes de investir em qualquer ativo criptográfico. Conhecer o projeto e ter certeza de que os fundamentos podem agregar valor a ele são maneiras de evitar perder dinheiro.

De qualquer forma, por volta das 12h desta sexta-feira (27) o Dogecoin (DOGE) avançava 4,66%, aos US$ 0,2856 (R$ 1,48). No acumulado da semana, entretanto, a queda é de 12,98%.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Exile on Wall Street

O que faz as empresas falharem? Conheça as cinco “assassinas silenciosas” que podem impactar nos seus investimentos

O verdadeiro início da derrocada de uma empresa não pode ser devidamente noticiado pelas finanças ou pelas operações, mas somente dentro do núcleo de cultura corporativa

CAPTAÇÕES BILIONÁRIAS

Localiza, Unidas e Movida vão a mercado em busca de R$ 5 bilhões com emissões de debêntures

Locadoras de veículos se recuperaram rapidamente da crise da covid-19 e buscam recompor o caixa em meio à escassez de componentes no setor automotivo

De olho no dragão

Ministério da Economia eleva expectativa para inflação em 2021; veja qual a nova projeção

A pasta também atualizou as estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, utilizado para a correção do salário mínimo

MERCADOS HOJE

Com precatórios e queda do minério de ferro no radar, Ibovespa opera em queda de 1%; dólar avança

Em Brasília, os investidores acompanham de perto as discussões em torno do pagamento dos precatórios e repercutem mais uma queda expressiva do minério de ferro

Logística

MSC quer comprar controle da Log-In (LOGN3), que tem a gestora Alaska como maior acionista; papéis disparam

A proposta da MSC Mediterranean equivale a R$ 25 por ação LOGN3 e pode chegar a R$ 1,8 bilhão; Alaska e Tarpon estão entre os principais acionistas da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies