Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-21T10:25:29-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Capital do Bitcoin

Bitcoin City: El Salvador anuncia emissão de dívida em BTC para financiar cidade futurista

El Salvador pretende concluir a emissão dos bonds em BTC até o começo de 2022, levantando US$ 1 bi para a construção da Bitcoin City

21 de novembro de 2021
10:25
Montagem com um Bitcoin (BTC) no primeiro plano e, ao fundo, uma bandeira de El Salvador aparece desfocada
Imagem: Shutterstock

Primeiro país do mundo a adotar o Bitcoin (BTC) como uma de suas moedas oficiais, El Salvador pretende ir além e criar uma cidade inteira cujo conceito gira em torno da criptomoeda. E, para tal, o governo salvadorenho anunciou a emissão de um título de dívida (bond) com base na moeda digital — a Bitcoin City, afinal, demandará um volume elevado de recursos para sair do papel.

Falando a uma plateia de empresários, investidores e entusiastas do Bitcoin num resort em Mizata — um dos principais pontos turísticos de El Salvador —, o presidente Nayib Bukele afirmou que a emissão deve ser concluída no começo de 2022, movimentando US$ 1 bilhão (ou quase 17 mil bitcoins, pela cotação atual). O título terá prazo de 10 anos e um cupom de 6,5%; a ideia é que operações semelhantes sejam feitas no futuro.

"Acreditamos que essa emissão tem o potencial de acelerar a 'hiperbitcoinização' e incentivar um novo sistema financeiro baseado no Bitcoin", disse a Blockstream, empresa especializada em tecnologia blockchain que está atuando em parceria com o governo de El Salvador, num post divulgado mais cedo.

Foto de Nayib Bukele, presidente de El Salvador, durante evento para anúncio da Bitcoin City; o país foi o primeiro do mundo a adotar o BTC como moeda oficial
O evento para anúncio da Bitcoin City foi feito num resort em Mizata

O plano inicial é que, do US$ 1 bilhão em bitcoin a ser levantado pelo governo salvadorenho, metade seja investido na infraestrutura de energia e mineração de BTC na região; a outra metade será alocada na economia local.

A 'Cidade do Bitcoin' ficará no departamento de La Unión, ao leste do país. A localização foi cuidadosamente escolhida: a região fica aos pés do vulcão Conchagua, e a energia geotérmica gerada pela formação rochosa irá abastecer o projeto, cuja infraestrutura demandará recursos na ordem de 300 mil bitcoins (US$ 17,7 bilhões).

Segundo Bukele, a cidade seria isenta de impostos convencionais — o único tributo a ser cobrado seria uma espécie de taxa de produtos e serviços (VAT, na sigla em inglês); o plano é que a Bitcoin City conte com aeroporto e áreas comerciais e residenciais.

Via Twitter, o perfil oficial da Presidência de El Salvador deu mais detalhes a respeito do projeto e divulgou um vídeo promocional sobre os planos governamentais:

El Salvador, Bitcoin (BTC) e o 'visto dourado'

O país da América Central também deu início ao programa de 'visto dourado' a investidores em Bitcoin e criptomoedas — quem alocar a partir de 3 BTC terá direito a residência permanente em El Salvador; o incentivo, no entanto, não concede cidadania salvadorenha.

O Bitcoin teve uma semana bastante negativa e voltou a ser negociado abaixo dos US$ 60.000, mas, ainda assim, acumula ganhos expressivos de mais de 100% desde o começo do ano; analistas e especialistas no mercado cripto mostram-se bastante otimistas com as perspectivas de médio prazo para o ativo, apontando que ele pode ultrapassar a barreira dos US$ 100.000 num futuro próximo.

Neste domingo, o Bitcoin (BTC) opera em leve alta de 0,85%, a US$ 59.048, segundo dados do Coin Market Cap; em reais, a criptomoeda avança 2,7%, a R$ 331.651.

*Com agências internacionais

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

BC aumenta a Selic, Nubank conclui IPO e mercado reage bem à PEC dos precatórios; veja o que marcou esta quarta-feira

Conforme esperado pelos economistas após dados recentes mais fracos da atividade econômica brasileira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu elevar a taxa básica de juros em 1,5 ponto percentual, a 9,25% ao ano, em sua última reunião do ano. Se em muitos momentos ao longo de 2021 o mercado acionário reagiu ao […]

2022 MAIS GORDO

Dividendos e JCP: Copel (CPLE6) engrossa a lista de pagamentos milionários aos acionistas; não fique fora dessa

Data da remuneração ainda não foi definida pela empresa, mas valerá para aqueles com posição até 30 de dezembro deste ano

FECHAMENTO DO DIA

Investidores tentam equilibrar noticiário e Ibovespa emplaca mais um dia de alta; dólar tem queda firme com ômicron no radar

Com o avanço da PEC dos precatórios, a pandemia se torna um dos únicos gatilhos negativos a rondar o Ibovespa,

DOBRANDO A ESQUINA

Lucro das empresas com ações na bolsa deve cair 6,3% em 2022, diz BTG Pactual

Mesmo assim ainda é possível encontrar setores em que o cenário é positivo; saiba quem é quem

Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies