Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-01T19:08:02-03:00
Larissa Vitória
Roubo digital

Alguém viu meu bitcoin? Ao menos 6 mil clientes da Coinbase tiveram suas criptomoedas roubadas por hackers

Há suspeitas de que as informações necessárias ao ataque foram vazadas durante uma ação interna, com a participação de funcionários da corretora

1 de outubro de 2021
19:07 - atualizado às 19:08
Policiais em miniatura cercam um bitcoin parcialmente enterrado | Coinbase
Ao menos 6 mil clientes da Coinbase foram afetados pelo ataque - Imagem: Shutterstock

Cadê o bitcoin que estava aqui? Essa pergunta foi feita por ao menos 6 mil clientes da Coinbase. A corretora de criptomoedas norte-americana revelou que esse foi o número de usuários que tiveram criptomoedas roubadas em uma invasão de hackers.

O ataque ocorreu entre março e maio deste ano, mas só veio a público recentemente, após a empresa enviar uma carta aos clientes que tiveram seus ativos transferidos para carteiras fora da Coinbase.

Em uma cópia do documento, disponibilizada no website da Promotoria Geral da Califórnia, lê-se o seguinte:

“Infelizmente, de março até o dia 20 de maio de 2021, você foi vítima de uma campanha realizada por terceiros para conseguir acesso não autorizado a contas de clientes da Coinbase e movimentar valores para fora da plataforma.

Pelo menos 6 mil clientes da Coinbase tiveram fundos movidos de suas contas, incluindo você”.

Vazamento interno?

Ainda segundo a carta, conhecimentos prévios sobre e-mail, endereço, senha e número de telefone — assim como o acesso à caixa de e-mail pessoal dos investidores — são necessários para o acesso à conta da Coinbase.

A corretora explica ainda que, embora ainda não possa afirmar conclusivamente como os hackers chegaram à informação, esse tipo de invasão normalmente envolve “ataques de phishing ou outras técnicas de engenharia social que levam a vítima a, sem perceber, revelar suas credenciais de login”.

Também há a suspeita, de acordo com a Reuters, de que as informações foram vazadas durante uma ação interna, com a participação de funcionários da Coinbase. A corretora, porém, garante que não há evidências de violação do banco de dados da plataforma.

E as criptomoedas perdidas?

Mesmo sem determinar como os invasores entraram, a empresa prometeu que depositará nas contas afetadas fundos de valor equivalente ao das criptomoedas roubadas.

“Alguns clientes já foram reembolsados. Nós garantimos que todos os afetados receberão o valor total perdido”. Além disso, a Coinbase assegura que o problema já foi resolvido e que trabalha com os usuários clientes para restabelecer a segurança das contas.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Ora, pois

Bradesco deve abrir base em Portugal para ‘seguir’ milionários brasileiros

Movimento de migração de famílias clientes do segmento private do banco após a pandemia levou à retomada dos estudos para entrar no mercado lusitano

De volta aos dois dígitos

Mercado já vê juros de até 11% em 2022

Drible no teto de gastos gerou movimento generalizado nas instituições financeiras para revisar para cima suas projeções para a taxa de juros

Óleo e gás

3R Petroleum (RRRP3) certifica reservas provadas de 185,1 milhões de barris

Companhia divulgou resultado da certificação de reservas do Campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos, cuja participação foi adquirida da Petrobras

Valor intangível

As 10 marcas mais valiosas do mundo em 2021 – a líder vale US$ 408,2 bilhões

Apple lidera ranking da Interbrand, seguida de outras big techs; com alta de 184%, Tesla foi a marca com maior salto no seu valor no último ano

Contrata-se

Fintechs fazem mercado de vagas crescer 466%, com foco em tecnologia

Startups de tecnologia para o mercado financeiro procuram talentos sobretudo na área de TI, e alguns processos seletivos são exclusivos para mulheres

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies