Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
2021-03-02T21:05:09-03:00
o melhor do seu dinheiro

Brandão balança mas não cai?

26 de fevereiro de 2021
20:49 - atualizado às 21:05
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Chegamos ao fim de mais uma semana tensa nos mercados, que começou com a derrocada das ações da Petrobras, em razão da interferência do governo na presidência da estatal, e termina com pressões na bolsa e no dólar motivadas pelas preocupações dos investidores com a inflação nos Estados Unidos e alta nas taxas dos títulos públicos americanos.

Para engrossar ainda mais o caldo, os rumores de que o presidente do Banco do Brasil, André Brandão, teria colocado seu cargo à disposição derrubaram as ações da estatal em quase 5%. O BB nega que seu CEO tenha pedido para sair.

Não é a primeira vez que há especulações sobre uma demissão do presidente do banco. A relação de Brandão com Bolsonaro ficou abalada depois que o presidente criticou a política de enxugamento de gastos do BB, com demissões e fechamento de agências.

A relação do governo com as estatais e as tensões vindas de Brasília, por sinal, deram a tônica ao mês de fevereiro, que terminou com uma queda de 4,37% do Ibovespa de volta aos 110 mil pontos.

No exterior, tivemos hoje mais um dia de tensões em razão da disparada dos juros futuros nos EUA, motivada pelo temor de que a economia americana fique aquecida e gere inflação muito antes do esperado, com tantos estímulos monetários e fiscais.

A perspectiva de uma alta antecipada dos juros lá fora derruba as bolsas e fortalece o dólar, ao mesmo tempo em que enfraquece as moedas emergentes. O dólar à vista chegou hoje a tocar os R$ 5,60.

A Jasmine Olga explica toda essa dinâmica e faz um balanço do mês nos mercados nesta matéria.

MERCADOS

• As ações da rede atacadista Assaí estreiam na B3 na próxima segunda-feira (1º), com o ticker "ASAI3", depois que a unidade foi segregada da estrutura do Pão de Açúcar (PCAR3). O Ivan Ryngelblum conta mais sobre a companhia nesta matéria.

EMPRESAS

• A Hapvida e a NotreDame Intermédica finalmente chegaram a um acordo de fusão, afirmou o site Brazil Journal. A combinação das duas companhias criará uma gigante do setor de saúde no valor de R$ 110 bilhões.

• O bilionário Jorge Paulo Lemann dobrou sua aposta no setor de educação básica, quando a sua Eleva Educação adquiriu 51 escolas que pertenciam à Cogna. Entenda a estratégia da companhia, que pretende ir à bolsa.

ECONOMIA

• A taxa de desemprego média em 2020 ficou em 13,5%, a maior da série histórica. O ano terminou com aproximadamente 13,4 milhões de pessoas na fila por um trabalho no país. Confira os dados de emprego divulgados hoje pelo IBGE.

• A Anatel aprovou o edital para o leilão de frequências do 5G. O documento será enviado agora para análise do Tribunal de Contas da União (TCU). Leia mais nesta matéria. ​​​​

OPINIÃO

• Comprar ou vender ações da Petrobras? Não há, a priori, uma resposta certa para isso neste momento. A nossa colunista Ana Westphalen traz uma excelente reflexão sobre o que fizeram os gestores dos renomados fundos que ela acompanha. Recomendo a leitura!

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua noite". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

entrevista

‘Orçamento está falido e não deveria ser sancionado’, diz Rodrigo Maia

Para ex-presidente da Câmara, governo e Congresso tem responsabilidade por esse Orçamento em que as emendas parlamentares são maiores do que os gastos discricionários

ESTRADA DO FUTURO

O que o mercado está tentando te dizer sobre as ações do Banco Inter (BIDI11)

Como analistas, gastamos cada vez mais tempo avaliando histórias. E se você quer investir bem o seu dinheiro, também deveria fazê-lo

termômetro

Tesla, Robinhood e GM: as apostas do bilionário Jorge Paulo Lemann

Empresário brasileiro respondeu quais seriam os investimentos de curto e longo prazo, em uma espécie de termômetro sobre a confiança em torno do negócio

escolha da CEO

Criptomeme bilionário, $moda$ de Hering e Arezzo, aposta contra o BC… veja o que bombou na semana no Seu Dinheiro

Você apostaria contra o Banco Central do Brasil?  Não falo de apostas mequetrefes com a turma do escritório, do tipo “quem perder paga uma rodada”.  Estou falando de colocar o seu patrimônio em investimentos que podem dar retornos altos se o BC estiver errado. Pois é justamente o que defende Rogério Xavier, da SPX Capital, um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies