Menu
Exile on Wall Street
Lais Costa
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-08T11:12:35-03:00
Exile on Wall Street

Transparência nos investimentos: um princípio inegociável

8 de outubro de 2021
11:12
Cubo de cristal transparente, faz referência ao título sobre transparência nos investimentos
Assim como restrições alimentares, a transparência é um princípio — na vida e nos investimentos - Imagem: Pixabay

L: Com licença, você saberia me dizer se tem porco ou frutos do mar neste aperitivo?

G: Não, senhora.

L: Obrigada. E esse peixe, é de escamas e barbatanas?

G: Mas todo peixe tem escama, não?

L: Não, existe peixe de couro.

G: Só um minuto que eu vou confirmar com o chef.

(Alguns minutos depois...)

G: Ele disse para a senhora não se preocupar, pois sempre tira a escama antes de servir o peixe.

O final desse diálogo não costuma levar a lugar nenhum.

Esse roteiro se repete todas as vezes que frequento um jantar ou evento social com comida, mas sem cardápio.

Se você estranhou o diálogo, essas são restrições alimentares de cunho religioso descritas em Levítico 11. Por isso, me tornei especialista em identificar se a comida tem ou não porco e decorei os peixes de escamas mais comuns na culinária brasileira.

Ainda assim, se desconfio da falta de transparência, prefiro não arriscar.

Princípios são inegociáveis

Como analistas de investimentos, estamos sujeitos a todo tipo de incertezas e à aleatoriedade, mas não devemos confundir nenhuma dessas duas com falta de transparência, coisa séria e cara para nós.

Já como investidores, deparamo-nos diariamente com ausência de transparência, intencional ou consequência de despreparo e falta de informação.

Em fundos de investimento globais, os hedge funds são o pior exemplo. E é por isso que uma parcela relevante da análise desses fundos é feita através do histórico de retornos. Afinal, se encontramos um pedaço de bacon no alimento servido, sinceramente não importa muito o que o chef disse.

No extremo oposto, destacam-se os ETFs (Exchange Traded Funds), fundos de investimento passivos com o objetivo de replicar determinado índice de referência de renda fixa ou variável.

Neste caso, é possível saber com total transparência os ativos que estão sendo operados, medir os riscos associados e, portanto, chegar a uma conclusão se aquele investimento é adequado para o portfólio.

Os ETFs são, na média, uma forma simples, eficiente e barata de adicionar diversificação e liquidez ao portfólio do investidor.

São exatamente essas características que têm levado ao aumento expressivo da demanda por esses produtos.

Apenas em setembro, de acordo com a Morningstar e a despeito da derrocada nos mercados globais, o mercado de ETFs nos EUA recebeu aportes de US$ 55 bilhões — um total de aproximadamente US$ 647 bilhões no acumulado dos três trimestres do ano, apequenando o recorde do ano anterior de US$ 499 bilhões.

Seguindo o fluxo

No resto do mundo, a tendência é exatamente a mesma

No Brasil, existem pouco menos de 50 ETFs listados na B3, além de aproximadamente 70 BDRs de ETFs, que são recibos emitidos no Brasil com lastro em ETFs no exterior — na prática, uma porta de acesso a esse mercado global pujante.

No comparativo do ano passado até agosto deste ano, o volume negociado de BDRs de ETFs saltou de R$ 160 milhões para R$ 6,47 bilhões, segundo relatório da própria B3.

O crescimento é notável, mas não sejamos ingênuos: os benefícios aqui elencados não dispensam uma análise diligente e criteriosa desses veículos de investimento. Além disso, um bom investimento não necessariamente é um investimento bom para você.

Por isso, na série Os Melhores Fundos de Investimento,  garimpamos o que há de melhor na indústria de fundos e trazemos todas as informações pertinentes ao investidor para que ele também seja capaz de construir um portfólio personalizado e 100% aderente às suas metas e ao seu propósito.

Na última sexta-feira, fizemos uma atualização completa da nossa carteira global disponível para o investidor geral — sem que você precise ter R$ 1 milhão — após os seis meses de sua criação. Nela, indicamos os melhores BDRs de ETFs e fundos indexados para compor um portfólio global diversificado e que pode ser construído com menos de R$ 4 mil.

Seja no cardápio ou no diálogo com os assinantes, valorizo o compromisso com a máxima transparência.

Um princípio inegociável.

Um abraço!

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Fiscalização em alta

Empresas ligadas à quinta maior criptomoeda do mundo, são multadas por comissão nos Estados Unidos

As empresas irmãs são acusadas de fazerem “declarações falsas ou enganosas” e de “omitirem fatos relevantes” para o mercado sobre a stablecoin tether

AO VIVO

O que muda com a compra da Mosaico (MOSI3) pelo Banco Pan (BPAN4)? CEO do banco e fundador da empresa de tecnologia respondem em live com Felipe Miranda

Para entender o racional da negociação, o sócio-fundador e CIO da Empiricus conversa hoje (15) com Carlos Eduardo Pereira Guimarães e Guilherme Pacheco

Efeito dominó

Mais uma incorporadora chinesa deixa de pagar seus credores; China rompe o silêncio sobre a crise no setor imobiliário

A China Properties Group informou que não fez o pagamento de US$ 226 milhões referentes a uma emissão de notas seniores que vencia hoje

Exile on Wall Street

Dia do professor: cinco lições sobre fundos de investimento para o primeiro dia de aula

Dos brinquedos à maçã (virtual), comemora-se nesta semana as datas dos dois agentes de mudanças mais importantes de uma sociedade. Crianças têm, claro, suas aptidões naturais por exatas, humanas, ciências biológicas e artes em todas as suas formas de expressão. Mas são os professores que catalisam e alavancam esse interesse pelo conhecimento, ensinam a pensar […]

ESQUENTA DOS BALANÇOS

Prévias operacionais embalam as ações de Direcional (DIRR3) e Tenda (TEND3) hoje; veja qual construtora é a favorita dos analistas

Enquanto a Direcional entregou um trimestre de recordes, o foco exclusivo da Tenda no programa Casa Verde e Amarela pode tornar-se um problema

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies