Menu
Rodolfo Amstalden
Exile on Wall Street
Rodolfo Amstalden
Sócio-fundador da Empiricus e autor do Programa de Riqueza Permanente
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-12T18:08:42-03:00
Exile on Wall Street

Vez delas: mulheres vem acumulando mais retorno que homens ao investir, e a psicologia pode explicar

12 de agosto de 2021
11:12 - atualizado às 18:08
Mulheres
Imagem: Shutterstock

Questionados em pesquisa da Fidelity, 91% dos investidores da amostra responderam: "Eu acho que os homens investem melhor do que as mulheres".

Não é o que os dados mostram.

O icônico paper "Boys Will Be Boys" dos professores Brad Barber e Terrance Odean — leitura obrigatória em nosso MBA —, se deu ao diligente trabalho de analisar ordens de compra e venda de ações de mais de 35 famílias americanas, entre 1991 e 1997.

Eis as principais conclusões do estudo:

  1. Homens montam e desmontam posições em frequência 45% maior que a das mulheres.
  2. Os trades frenéticos do universo masculino resultam em uma desvantagem média de retorno de -0,93% ao ano para os homens, em relação às mulheres. Ao longo de décadas, essa diferença, aparentemente pequena, vai se tornando abismal.

Outros estudos confirmam o entendimento de que mulheres acumulam mais retorno do que os homens, e também são mais capazes de juntar dinheiro para investir.

O psicoterapeuta Carl Jung não se surpreenderia com esses achados.

Jung dizia que os homens buscam sempre a perfeição — e, por isso, são perigosamente seduzidos pelo excesso de confiança.

Já as mulheres buscam o mais elevado dos valores junguianos: a completude — e, por isso, são saudavelmente testadas pela autocrítica antes de tomarem suas decisões.

Grosso modo, o arquétipo masculino prefere ter 150% de sucesso em um campo específico, enquanto o arquétipo feminino prefere ter 80% de sucesso em cada um de cinco campos complementares.

O arquétipo masculino é o atleta de alta performance que abriu mão dos estudos, família, lazer e amigos para competir por uma medalha de ouro em Tóquio.

O arquétipo feminino não se interessa por medalhas, mas vai na academia três vezes por semana, se encontra com a família e os amigos, está subindo gradualmente na carreira e decidiu fazer um curso de Física Quântica para Iniciantes.

Obs: não se aplicam aqui definições fechadas de gêneros. Todos temos doses de homens e mulheres junguianas em nós mesmos, sob diferentes matizes.

A pergunta que importa é: como você mede riqueza em sua vida

Riqueza é ser absurdamente bem-sucedido em uma só coisa, 24/7, alocar 150% do seu patrimônio alavancado na nova cripto da moda?

Ou riqueza é equilibrar família, amigos, carreira, lazer, educação, esporte, cultura, 8/5, investindo em uma carteira diversificada?

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Eletrobras, Correios e mais

Ativos na mesa: nova proposta para precatórios pode incluir ações de estatais em acordos de pagamento

Além das estatais, na lista de ativos que poderiam entrar na negociação estão imóveis, barris de petróleo do pré-sal e concessões de rodovias e ferrovias, por exemplo

fala, vale

Vale (VALE3): a receita para a queda das ações, segundo a própria empresa

Empresa teve de emitir um comunicado em resposta a um ofício da B3 que solicitava justificativas para a oscilação das ações da mineradora entre os dias 6 e 20 de setembro

MERCADOS HOJE

Ibovespa recupera os 114 mil pontos após nova Selic; dólar sobe a R$ 5,30

Na ressaca da Super quarta, os investidores seguiram atentos aos desdobramentos dos problemas financeiros da Evergrande; Ibovespa acompanhou NY

Sob nova direção

Mudanças no alto escalão da Ultrapar agradam e ações disparam 9%. Hora de comprar UGPA3?

Analistas enxergam movimentação da Ultrapar como ‘ponto de virada’ e uma surpresa positiva, mas ainda é cedo para um diagnóstico mais preciso do futuro.

OCCUPY B3

B3 (B3SA3) recua quase 3% com ocupação do MTST; movimentos sociais protestam contra o governo e a desigualdade social na sede da Bolsa

Militantes do movimento por moradia entraram no saguão da bolsa de valores em ato contra as altas no desemprego e na inflação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies