Menu
2021-05-31T19:10:22-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
espaço para mais ganhos

Inter projeta novos recordes para o Ibovespa e vê setores bancário e de saúde em alta

Principal índice da bolsa pode subir 13%, a 142 mil pontos, segundo projeção do banco, que considera expectativa de lucro das empresas

31 de maio de 2021
15:38 - atualizado às 19:10
Foguete voando na frente da bolsa; Ibovespa em alta
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O Ibovespa, que bateu novos recordes intradiário e de fechamento nesta segunda-feira (31), deve alcançar novas máximas ao longo deste ano. O principal índice da bolsa pode subir 13%, a 142 mil pontos, segundo relatório do banco Inter divulgado hoje.

A equipe de análise do banco reuniu os lucros estimados para 2021 das ações que compõem o Ibovespa — cujo múltiplo preço sobre lucro, segundo o Inter, fica em 18,5x, abaixo dos 20x observado hoje.

Com base nessas projeções, o banco conclui que as ações do setor financeiro e de saúde têm espaço para ganhos no curto prazo, enquanto outras áreas tem o futuro menos certo.

No curto prazo, a instituição diz que o setor bancário está em um momento de reversão de tendência, depois do baque da pandemia. "Desde o início de maio podemos observar recuperação do segmento, acompanhando a evolução da taxa Selic no país".

O Inter defende que a temporada de resultados do primeiro trimestre mostrou um potencial de recuperação dos lucros, com menores despesas com PDD (Provisão de Devedores Duvidosos), e uma possibilidade de reversão de provisões.

"Acreditamos que linhas de serviços que dependem de uma atividade mais aquecida devem mostrar recuperação com a atividade, após a vacinação atingir a maior parte da população".

"Enquanto o ambiente ainda é incerto tanto em relação à inadimplência para os próximos trimestres, quanto à verdadeira ameaça da competitividade aos grandes bancos, o desconto traz ótima oportunidade de entrada".

Inter.

O Inter também destaca as empresas de saúde, que "devem seguir se beneficiando do cenário mais favorável de exames e volta dos procedimentos eletivos".

"Esperamos que essa demanda reprimida, além da maior preocupação com a saúde, vá perdurar por todo o ano, sustentando uma tese estrutural positiva no curto e médio prazo", diz o Inter.

Segundo os analistas do banco, outros segmentos, como os de Commodities e Utilities, dependerão da exposição de cada empresa dentro dos sub-setores, como geradoras e transmissoras de energia.

Em alta

Neste ano, o Ibovespa é influenciado de maneiras distintas pelo desempenho dos diferentes setores que o compõem.

O setor de commodities tem a maior contribuição positiva para o índice desde o início do ano, com evolução de quase 19% até 27 de maio, especialmente devido ao peso dessas empresas no Ibovespa.

"Sem o setor, efetuando a devida ponderação, a evolução do Ibovespa teria sido de 2,4%, bem abaixo das bolsas lá fora", destaca o Inter.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

de olho na reabertura

Vacina no braço e compra de ações: por que o UBS (o banco suíço) agora recomenda a bolsa brasileira

Banco suíço cita as revisões de crescimento para a economia brasileira, menor risco fiscal, expectativa de lucro das empresas e preços em patamares “convidativos”

seu dinheiro na sua noite

Anitta no conselho do Nubank, mais ofertas de ações e o ponto de inflexão do minério de ferro

Acostumado a fazer barulho no mercado, o Nubank fez, nesta segunda-feira, mais um anúncio que deu o que falar: a contratação da cantora e empresária Anitta para integrar o conselho de administração da empresa. A garota do Rio, nascida no bairro suburbano de Honório Gurgel e alçada à fama pelo funk carioca, ocupará uma cadeira […]

linhas 8 e 9

CCR assina acordo de acionistas com RuasInvest no Consórcio Via Mobilidade

Acordo prevê os porcentuais de participação de 80% da CCR e de 20% da RuasInvest no Consórcio ViaMobilidade Linhas 8 e 9

Microcaps

Panvel (PNVL3): é hora de investir?

A rede Panvel é queridinha no Sul do país. Sua recuperação tem mostrado que ela pode ser uma gema entre as microcaps da Bolsa. Descubra se vale a pena investir nela no Chama o Max de hoje.

sinal verde

Câmara aprova texto-base da MP que viabiliza privatização da Eletrobras

Placar foi de 258 votos contra 136; texto já havia sido aprovado pela Casa, mas voltou depois de alterações no Senado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies