Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-02-01T19:52:34-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
Mercados hoje

Em primeiro pregão do mês, Ibovespa sobe 2,1%, com exterior e eleição no Congresso; dólar cai a R$ 5,44

Favoritismo de candidatos apoiados pelo governo na Câmara e no Senado trouxe otimismo aos investidores, que veem a possibilidade de menos ruído

1 de fevereiro de 2021
17:52 - atualizado às 19:52
img20210201171743516MED
Entrevista do candidato a presidência da Câmara, dep. Arthur Lira (PP - AL) - Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

A cautela que reinou nos mercados em janeiro ficou em segundo plano nesta segunda-feira (1). O dia foi de forte recuperação, apoiado em perspectivas sobre a economia e na alta expressiva da prata no mercado internacional. 

A atenção dos investidores no Brasil ficou concentrada nas eleições legislativas, da presidência da Câmara e do Senado, com a expectativa da eleição dos candidatos apoiados pelo governo federal.

O Ibovespa encerrou esta segunda com alta de 2,13%, aos 117.517,57 pontos. O dólar seguiu a trajetória de alívio em escala global e operou em queda durante o dia, terminado a R$ 5,4498 (-0,45%).

O que ditou o rumo dos negócios

As negociações no exterior foram puxadas por um otimismo a respeito das vacinas. A AstraZeneca informou que aumentará a distribuição de doses para a União Europeia e a Bayer anunciou que vai ampliar a parceria com a CureVac para a fabricação do imuzante na Alemanha. 

O movimento especulativo que minou o humor das bolsas americanas na semana passada hoje fez pressão positiva nos negócios. Pequenos investidores de varejo miraram a prata - o que diminuiu a volatilidade do mercado de ações. A cotação do metal chegou a ultrapassar alta de 10% ao longo do dia.

Ainda no exterior, os investidores seguiram atentos ao andamento da discussão em torno do pacote fiscal nos Estados Unidos, cuja votação deve ocorrer ainda nesta semana.

Pela manhã, o presidente americano Joe Biden se reuniu com senadores republicanos para discutir o plano de US$ 1,9 trilhão proposto pelo governo.

Os republicanos defendem um estímulo menor, de apenas US$ 600 bilhões. O partido sinalizou que deve votar em bloco sobre a questão, o que gera preocupação nos mercados.

Mesmo com a divulgação de índices que indicam uma recuperação abaixo do esperado para a atividade econômica na Europa, as bolsas da região fecharam em alta. Em Wall Street, os ganhos foram mais vastos: Dow Jones subiu 0,76%, o S&P 500 avançou 1,61% e o Nasdaq ganhou 2,55%.

Em Brasília, dia decisivo

O mercado financeiro brasileiro viu em Brasília uma fonte de alívio, com os candidatos apoiados pelo governo ganhando apoio nos bastidores ao longo das últimas horas.

Para a eleição da presidência da Câmara, Arthur Lira (PP) despontou como favorito por conta em especial do desembarque do DEM e do PSDB da candidatura de Baleia Rossi (MDB) - apoiado por Rodrigo Maia.

No Senado, Rodrigo Pacheco (DEM) já vinha como favorito, com o derretimento da candidatura de Simone Tebet (MDB) ao longo das últimas semanas.

Segundo economista-chefe da Veedha Investimentos, Camila Abdelmalack, o mercado vê uma eventual eleição de Lira e Pacheco como uma oportunidade para uma diminuíção dos tais ruídos políticos - tão temidos pelos agentes financeiros.

"É uma situação muito mais confortável para o diálogo", comenta a especialista. "Mas, quando a gente extrapola para a perspectiva de votação de reformas importantes, sou muito mais cética".

Sobe e desce

O maior destaque positivo do dia foram as ações da Eneva, após notícias de que a companhia adquiriu o o campo de Urucu, que contém 34 bilhões de metros cúbicos de gás.

A Eletrobras, que foi destaque negativo na semana passada, subiu com a expectativa de que Ruy Schneider assuma a presidência da companhia e após a empresa anunciar o pagamento de R$ 2,2 bilhões em dividendos.

As ações do Itaú Unibanco impulsionaram todo o setor bancário - a empresa divulgou o balanço há pouco. Mais cedo, o Credit Suisse soltou um relatório com perspectivas otimistas para o setor bancário.

Confira as principais altas do índice:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
ENEV3Eneva ONR$ 71,06 13,51%
ELET6Eletrobras PNBR$ 31,328,98%
ELET3Eletrobras ONR$ 30,837,46%
BRKM5 Braskem PNA R$ 25,565,53%
PCAR3GPA ONR$ 79,415,21%

Confira também as maiores quedas, com as varejistas na ponta em um momento de rotação de carteiras:

CÓDIGONOME VALORVARIAÇÃO
VVAR3 Via Varejo ON R$ 14,42 -2,11%
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 24,93-1,35%
NTCO3Natura ON R$ 48,46 -1,22%
SULA11 SulAmérica units R$ 39,56 -0,88%
LREN3Lojas Renner ONR$ 41,07-0,96%

As taxas de Depósito Interfinanceiro (DI) curtas e intermediárias estiveram em parte do dia estáveis, mas no começo da tarde passaram a exibir viés de alta. Já as taxas longas caíram para perto dos ajustes.

Confira as taxas de hoje:

  • Janeiro/2022: de 3,29% para 3,33%
  • Janeiro/2023: de 4,81% para 4,86%
  • Janeiro/2025: de 6,32% para 6,30%
  • Janeiro/2027: estável em 6,97%
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

O futuro está no céu

A acirrada corrida pelo ‘carro voador’

Além de chamar a atenção no mercado de capitais, as startups de “carros voadores” estão atraindo talentos e parceiros de setores mais tradicionais da economia

XP anuncia investimento na edtech Resilia

A Resilia é uma edtech que combina tecnologias que potencializam o aprendizado individualizado e em comunidade com um método de ensino que capacita potenciais talentos de uma forma mais rápida para o mercado digital

Análise

Investir em ações de banco ainda é uma boa? Veja 3 motivos que deixam a XP Investimentos cautelosa

Se no ano passado a postura era otimista, agora os analistas do setor financeiro da XP estão mais cautelosos, já que o cenário é de preços elevados dos ativos e uma concorrência e intervenções regulatórias preocupantes.

REFORMA TRIBUTÁRIA

PIB pode crescer 1,6% com redução de IR para empresas, indica estudo

O cálculo de 20% teve como base comportamento das empresas depois de um dos maiores aumentos na alíquota do imposto sobre dividendos no mundo – na França, em 2013, de 15,5% para 46%

ESG

‘Equidade racial se tornou prioridade dentro da Vivo’, diz presidente

Dentro da extensa agenda ESG, que concentra ações ambientais, sociais e de governança, a Vivo aposta na equidade racial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies