Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-27T19:27:55-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
Fechamento do dia

Apesar do dia ‘parado’, Ibovespa fecha em alta de 0,63%, firmando-se nos 105 mil pontos, acompanhando bom humor nas bolsas americanas

Dados positivos de vendas do varejo durante o Natal, tanto aqui quanto nos EUA, animaram investidores; S&P 500 bateu novo recorde de fechamento

27 de dezembro de 2021
18:59 - atualizado às 19:27
vacina bolsa coronavírus
Embora a variante ômicron do coronavírus ainda preocupe, bolsas viram espaço para subir nesta segunda. Imagem: Shutterstock

A menos que algo extraordinário aconteça, esta última semana de 2021 tem tudo para ser mais parada nos mercados mundiais, com a liquidez tipicamente reduzida desse período entre festas.

Foi o que se verificou já nesta segunda-feira (27), mas mesmo assim o Ibovespa conseguiu terminar o dia em alta de 0,63%, aos 105.554 pontos, puxado pelo bom humor externo. Já o dólar à vista fechou em baixa de 0,42%, a R$ 5,6392.

Embora as bolsas asiáticas tenham fechado majoritariamente em queda, as bolsas europeias conseguiram terminar o dia em alta, e nos Estados Unidos vimos até a renovação do recorde de fechamento do S&P 500, aos 4.791 pontos. O índice Dow Jones fechou com ganho de 0,98%, o S&P 500 subiu 1,38%, e o Nasdaq avançou 1,39%.

Por lá, o mercado reagiu bem ao aumento das vendas no varejo pouco antes do Natal, e também houve um avanço mais forte das ações de empresas de tecnologia. Por aqui, as varejistas - piores ações do ano - foram as estrelas do dia, com a divulgação de dados que mostraram um crescimento das vendas natalinas em relação ao ano passado.

O mercado esperava uma situação pior, por conta da ameaça da variante ômicron do coronavírus. Os investidores, aliás, ainda monitoram os dados da pandemia, que andou assustando no feriado.

A disseminação do vírus entre funcionários de companhias aéreas provocou o cancelamento de 5 mil viagens de avião no mundo todo, sendo mais da metade delas nos EUA e na China.

Isto levou o petróleo a abrir em queda nesta segunda-feira, diante da perspectiva de uma demanda menor com um número reduzido de voos.

Entretanto, a commodity acabou fechando com fortes ganhos, após um dia de grande volatilidade. Com isso, as ações das grandes petroleiras americanas também avançaram, o que contribuiu para a alta dos índices de ações em Nova York.

Os juros futuros, por sua vez, fecharam em alta ou estáveis, como você pode ver nos principais vencimentos a seguir:

  • Janeiro/2023: de 11,609% para 11,635%;
  • Janeiro/2025: estável em 10,58%;
  • Janeiro/2027: estável em 10,53%.

ATENÇÃO: Seu Dinheiro libera acesso gratuito às 2 criptomoedas MAIS PROMISSORAS para você comprar agora, segundo analista de carteira de criptoativos que acumula 3.500% de lucro desde 2017. De brinde, você ganhará acesso vitalício e de graça à nossa comunidade de investimentos.

Ômicron preocupa

Nos EUA, que observam uma explosão de casos de covid-19 mesmo entre os vacinados e registraram quase 185 mil novos casos apenas no sábado, foram mais de 2 mil cancelamentos de voos no final de semana.

De olho no cenário, o principal conselheiro médico da Casa Branca, Anthony Fauci, já alertou que, mesmo se confirmados os relatos de que a ômicron gera casos mais leves da doença, há o risco de que a cepa sobrecarregue o sistema de saúde norte-americano.

"Não podemos ser complacentes, porque a ômicron ainda pode levar a muitas hospitalizações. O alto número de pessoas contaminadas pode neutralizar o fato positivo de a cepa apresentar menor gravidade", declarou no último domingo (26).

Ainda assim, o fato de que a cepa realmente parece menos agressiva e de que reforços nas vacinas aumentam a proteção confere alguma esperança aos mercados de que as restrições à atividade econômica não sejam tão duras quanto em ondas anteriores da covid-19, possibilitando uma continuidade da recuperação econômica.

Um dado que animou Wall Street hoje foi a alta de 8,5% nas vendas do varejo nos EUA entre 1º de novembro e a véspera de Natal, em comparação ao mesmo período do ano anterior. De acordo com a MasterCard Spending Pulse, trata-se do crescimento mais acentuado em 17 anos.

Dragão chinês pisa no freio?

Em meio a notícias de que a China pode reduzir para 5,5% a 6% a meta de crescimento do próximo ano, o banco central do gigante asiático se comprometeu, em comunicado divulgado após sua reunião trimestral, a aumentar o apoio à economia real do país, outro motor para os mercados ocidentais nesta segunda.

Além disso, o Banco do Povo da China (PBoC) voltou a tranquilizar os investidores sobre a situação das incorporadoras locais e afirmou que pretende promover o "desenvolvimento saudável" do mercado imobiliário chinês.

Acima da meta

Em um dia sem muitos indicadores econômicos importantes, os investidores repercutiram também as previsões dos especialistas consultados para a última edição do Boletim Focus, do Banco Central, em 2021.

A projeção para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) recuou de 10,04% para 10,02%. Já para 2022, a estimativa se manteve em 5,03%.

Os dois percentuais estão acima do teto da meta de inflação para os dois anos, mesmo já considerando a margem de tolerância de 1,5 ponto percentual do centro da meta para cima, respectivamente, 5,25% e 5%.

Além disso, os especialistas também reduziram pela 11ª semana consecutiva a projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021. A estimativa passou de alta de 4,58% para 4,51%. Vale destacar que, há um mês, era esperado um crescimento de 4,78% no indicador da atividade econômica.

Sobe e desce

As varejistas, cujas ações vinham apanhando recentemente e que acumulam os piores desempenhos do Ibovespa no ano, foram as estrelas do dia depois que a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) informou que as vendas de Natal tiveram um aumento real de 10% em relação ao ano passado.

Embora tenham ficado abaixo de 2019 (com recuo de 3,5%), o dado mostra que a chegada da variante ômicron no Brasil e a epidemia de gripe que se vê em algumas regiões não afetaram o varejo, ao menos não ainda.

Além da melhora nas vendas, uma pesquisa da CNC aponta que as perdas no comércio brasileiro com feriados devem ser 22% menores em 2022, com uma série de datas comemorativas caindo no fim de semana.

Assim, os papéis do Magazine Luiza (MGLU3) e da Via (VIIA3) tiveram as duas maiores altas do dia. As ações das Americanas (AMER3) chegaram a figurar entre as maiores altas do Ibovespa ao longo do dia, mas fecharam em alta de "apenas" 3,81%, a R$ 31,90.

Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 6,789,35%
VIIA3Via ONR$ 4,868,00%
QUAL3Qualicorp ONR$ 16,654,91%
PRIO3PetroRio ONR$ 20,664,87%
RDOR3Rede D'Or ONR$ 44,724,83%

Confira também as maiores quedas:

CÓDIGONOMEVALORVARIAÇÃO
BPAN4Banco Pan PNR$ 10,50-3,23%
ASAI3Assaí ONR$ 13,64-3,19%
AZUL4Azul PNR$ 25,67-2,99%
GOLL4Gol PNR$ 18,04-2,12%
MRFG3Marfrig ONR$ 22,27-2,02%

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEM ESPAÇO NO ORÇAMENTO

Servidores iniciam manifestação e prometem greve para fevereiro, mas Mourão diz que não há espaço para reajustes

Na peça aprovada no Congresso em Dezembro foi incluída uma previsão de R$ 1,7 bilhão para reajustes de salários do funcionalismo, contudo, a a categoria que seria beneficiada não foi especificada

NA CORRIDA PELA MINERAÇÃO

Intel planeja entrar no lucrativo ramo de mineração de criptomoedas e competir com Nvidia, a próxima empresa de US$ 1 trilhão

A escassez de condutores e semicondutores pode atrapalhar os planos da empresa, que divulgará o novo chip em fevereiro deste ano

TECHS SOFREM

Por que a alta dos juros nos EUA derruba as ações de Locaweb (LWSA3) e Inter (BIDI11) na B3?

O movimento com as ações ligadas ao setor de tecnologia na B3 ocorre desde o início do ano. Os papéis da Locaweb, por exemplo, acumulam queda de 40% apenas nos primeiros dias de 2022

FOLLOW ON

BRF definirá dia 1º preço da ação no follow on, que pode girar cerca de R$ 8 bi

A operação pode abrir o caminho para a Marfrig assumir o controle da BRF

Fatia maior

Gestora Alaska aumenta participação na Cogna (COGN3) para mais de 15%, e ação dispara

Papel tem uma das maiores altas do Ibovespa depois que gestora de Henrique Bredda e Luiz Alves Paes de Barros informou ter adquirido mais ações na companhia de educação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies