Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-19T22:59:22-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Dentro do balanço

Mercado Livre adere ao bitcoin e coloca R$ 40 milhões da criptomoeda em caixa

O documento foi publicado na página da SEC, a CVM americana, porque a empresa de entregas é listada na Nasdaq

6 de maio de 2021
11:26 - atualizado às 22:59
Mercado pago, empresa de pagamentos do do mercado livre, passa a fazer custódia de criptomoedas
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock / Mercado Livre

Na apresentação dos resultados do primeiro trimestre deste ano, o Mercado Livre anunciou a compra de US$ 7,8 milhões (R$ 41 milhões) em bitcoin. Os recursos passaram a compor a reserva de valor da tesouraria da empresa de comércio eletrônico. 

O documento foi publicado na página da SEC, a CVM americana, porque a empresa argentina é listada na Nasdaq. Apesar das oscilações das últimas semanas, o bitcoin tem sido usado como uma forma de diversificar as reservas das empresas.

“Como parte de nossa estratégia de tesouraria neste trimestre, compramos US$ 7,8 milhões (R$ 41.779.920) em bitcoin, um ativo digital que estamos divulgando dentro de nossos ativos intangíveis de duração indefinida", diz a nota de apresentação dos resultados.

O Mercado Livre não informou em que ponto do primeiro trimestre comprou os bitcoins. A empresa de comércio eletrônico também não informou quantos bitcoins possui, desta forma não é possível saber qual o valor dessa reserva nas cotações atuais da criptomoeda

No início da manhã de hoje, por volta das 9h10, o bitcoin era negociado em alta de 4,73%, aos US$ 57.845,94. No acumulado do ano, a principal criptomoeda do mercado já registrou uma valorização de 95%. Já os papéis do Mercado Livre operam em queda na Nasdaq, refletindo os resultados do primeiro trimestre.

A adesão do Mercado Livre ao bitcoin confirma a tendência de "institucionalização" da principal criptomoeda do mercado. Grandes investidores e outras empresas anunciaram a compra da moeda digital, o que contribuiu para a forte valorização recente.

A Tesla, por exemplo, já havia anunciado a compra de US$ 1,5 bilhão em bitcoin no início deste ano para a mesma finalidade. O CEO da empresa de carros elétricos, o bilionário Elon Musk, é um grande fã de criptomoedas, tendo feito diversas investidas nesse mercado.

Inclusive, inflando o preço e gerando especulações em cima de moedas que não consideradas projetos sérios, como o dogecoin. Clique aqui e entenda o caso.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

NOVA DEBANDADA?

Mais um técnico da área de Orçamento da Economia deixa cargo e expõe novo desgaste na equipe de Paulo Guedes

O movimento de saída é comum no último ano de governo, mas agora tem ocorrido mais cedo, ainda no primeiro mês de 2022

BARRADAS NO BAILE

Madero e ISH Tech cancelam planos de IPO, elevando para 12 número de desistências na B3 neste ano; veja o que atrapalha as ofertas

E esse número pode crescer ainda mais, pois a Corsan também deve adiar sua oferta em breve. Por enquanto, restam 20 candidatas à estreia na B3

OPERAÇÃO COMPLEXA

Superintendência do Cade dá sinal verde para compra do Big pelo Carrefour, mas prescreve remédios para evitar concentração; entenda

O órgão prevê medidas estruturais e comportamentais para mitigar os problemas concorrenciais identificados durante a análise da operação

Mercados Hoje

Ibovespa tenta se manter em alta em dia negativo em NY e de grande cautela com expectativa em relação ao Fed

Dia é bastante negativo em Wall Street e especialmente na Europa, com temor de invasão da Rússia à Ucrânia e reunião do Fed na quarta-feira

Novo serviço

Saiba se você tem algum dinheiro ‘esquecido’ para receber do banco

O Banco Central disponibilizou serviço para que cidadãos e empresas consultem se têm saldos “esquecidos” em bancos ou valores a receber de devoluções ou cobranças indevidas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies