2020-01-05T15:05:17-03:00
escalada de tensões

Bombardeio ordenado por Trump mata principal general iraniano; preço do petróleo sobe

Um dos homens mais poderosos do Irã, o general Qassem Soleimani morreu em um ataque aéreo dos Estados Unidos

3 de janeiro de 2020
7:00 - atualizado às 15:05
Qassem Soleimani, general iraniano morto em ataque dos Estados Unidos. - Imagem: ABC News (Australia)/ Reproducao / youtube

Um dos homens mais poderosos do Irã, o general Qassem Soleimani morreu em um ataque aéreo dos Estados Unidos nesta quinta-feira (2), em Bagdá. O Pentágono confirmou que a ordem partiu do presidente Donald Trump.

Em reação, os preços do petróleo tipo Brent subiam cerca de 4%, por volta das 6h (horário de Brasília). As bolsas na Europa operavam em queda, enquanto os futuros de Nova York recuavam mais de 1%.

O assassinato de Soleimani marca uma escalada dramática nas tensões entre Irã, os Estados Unidos e seus aliados - em especial Israel e Arábia Saudita.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

O principal comandante da milícia iraquiana Abu Mahdi al-Muhandis, conselheiro de Soleimani, também foi morto no ataque. O Irã prometeu retaliação.

O país tem travado um longo conflito com os Estados Unidos. Na semana passada, milicianos do País atacaram uma embaixada dos EUA no Iraque em reação a um outro ataque aéreo dos EUA à milícia Kataib Hezbollah, fundada por Muhandis.

"Este ataque teve como objetivo impedir futuros planos de ataque iranianos", disse o Pentágono.

Grupos paramilitares iraquianos disseram que três foguetes pousaram perto do terminal de carga do aeroporto de Bagdá, atingindo dois veículos e matando cinco paramilitares iraquianos e outras duas pessoas. As imagens mostravam destroços em chamas em uma estrada do aeroporto.

Em comunicado divulgado pela televisão estatal, o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, pediu três dias de luto nacional.

Soleimani, que liderou a Força Quds, o braço estrangeiro da Guarda Revolucionária e teve um papel fundamental nos combates na Síria e no Iraque, adquiriu status de celebridade no País e no exterior.

A presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi disse que o ataque foi realizado sem consulta ao Congresso e sem autorização para o uso de força militar contra o Irã. Trump apenas postou uma foto da bandeira dos EUA no Twitter.

Saudi Aramco

Em setembro, as autoridades americanas culparam o Irã por um ataque de mísseis e drones às instalações de petróleo da Saudi Aramco, a maior exportadora de petróleo do mundo.

*Com informações da Reuters

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) cai hoje, mas projeções para mercado de criptomoedas permanecem otimistas, segundo analistas; Cardano (ADA) dispara mais de 8%

Qualquer gatilho neste momento pode desencadear uma alta de preços e um novo bull market das criptomoedas

EXILE ON WALL STREET

Você quer ser reconhecido ou quer ganhar dinheiro? Entenda por que estar na moda nem sempre significa lucrar

O objetivo do investidor não deveria ser estar na moda nem ser reconhecido em conversas pseudointeligentes, uma vez que os ciclos não necessariamente se repetem à frente

Insights para lucrar

VOTAÇÃO: Qual o investimento mais atrativo para o seu patrimônio em 2022?

Seu Dinheiro abre espaço de diálogo entre investidores para cada um saber o que o outro pensa sobre bolsa, criptomoedas, renda fixa e muito mais; vote

BRASILEIRO NÃO DESISTE NUNCA

Longe do fim: Aliansce Sonae (ALSO3) avisa que vai insistir na fusão com a brMalls (BRML3)

Negócio bilionário entre as gigantes rivais daria origem à maior administradora de shoppings da América Latina

TRÉGUA CLIMÁTICA

Depois da Usiminas, Vale anuncia retomada gradual das atividades após chuvas devastadoras em MG

Retorno parcial das operações coincide com trégua nos temporais que deixaram dezenas de mortos e milhares de desabrigados no Estado