Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-19T11:47:58-03:00
Estadão Conteúdo
eleição na câmara

Eduardo Bolsonaro diz que só alguém ‘ingênuo’ acreditaria que Maia fará sucessor

Ontem, partidos de esquerda anunciaram a adesão ao bloco formado por Maia com vistas à eleição para o comando da Casa, que ocorre no dia 1º de fevereiro de 2021

19 de dezembro de 2020
11:44 - atualizado às 11:47
Eduardo Bolsonaro
Eduardo Bolsonaro - Imagem: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou que só alguém "ingênuo" acreditaria que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fará seu sucessor na Casa.

Ontem, partidos de esquerda anunciaram a adesão ao bloco formado por Maia com vistas à eleição para o comando da Casa, que ocorre no dia 1º de fevereiro de 2021. PT, PDT, PSB e PCdoB se juntaram a partidos de centro e centro-direita contra o candidato apoiado nos bastidores pelo presidente Jair Bolsonaro, Arthur Lira (PP-AL), o líder do Centrão.

"Querem te passar a ideia de que Rodrigo Maia formou um super bloco e fará seu sucessor. Só um ingênuo acreditaria nisso", escreveu Eduardo em sua conta oficial no Twitter.

Na postagem, o deputado mostrou uma imagem com um cálculo provisório dos votos que cada grupo teria: Maia somaria 281 e Lira, 204. "Diversos partidos nesta imagem não deverão votar de maneira uníssona, em bloco. Ainda tem muita água para rolar por debaixo dessa ponte", acrescentou Eduardo.

O voto para a eleição da presidência da Câmara é secreto, o que abre brecha para dissidências, apesar da orientação partidária.

"Quando se sentir ridículo pense: tem gente que baba ovo do Rodrigo Maia", provocou Eduardo.

O bloco do presidente da Câmara reúne, ao todo, 11 partidos, mas ainda não há um candidato definido. Além das siglas de esquerda e do DEM de Maia, fazem parte MDB, PSDB, Cidadania, PV, Rede e PSL. Lira, por sua vez, já anunciou o apoio de PSD, Avante, PL, PSC, Pros, PTB, Patriota, Republicanos e Solidariedade.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Fusão cheia de travas

Na Omega Geração (OMGE3), um grupo importante de acionistas está descontente — e quer barrar os planos da empresa

Fundos detentores de 28,6% da Omega Geração (OMGE3) se uniram e dizem que não vão aprovar a fusão com a Omega Distribuição nos termos atuais

Potencial de 36% de alta

Como fica a XP após a separação do Itaú? Para o JP Morgan, é hora de comprar as ações da corretora

A equipe do JP Morgan vê as pressões vendedoras nas ações da XP após a separação com o Itaú se dissipando; assim, a recomendação é de compra

Digitalização

A hora e a vez do e-commerce: com pandemia, comércio online mais que dobra e já chega a 21% das vendas do varejo

O fechamento das lojas físicas promovido pela pandemia fez o setor de varejo acelerar a aposta no e-commerce e nas vendas digitais

A bolsa como ela é

Stone, Inter e Méliuz caem forte na bolsa. É o fim das fintechs como as conhecemos?

Muito desse movimento tem a ver com a subida dos juros. Mas alguns fatores específicos também pesaram sobre as ações. Em alguns casos, pesaram com razão; em outros, nem tanto

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies