Menu
2020-04-03T11:00:48-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
atritos entre poderes

Bolsonaro continua insistindo em tese, mas chave da equipe econômica virou, diz Maia

Presidente da Câmara disse que a gestão federal não pensou em como isolar a população idosa nas comunidades de baixa renda

3 de abril de 2020
11:00
Rodrigo Maia
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em teleconferência realizada na manhã desta sexta-feira, 3, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a cobrar ações mais efetivas do Poder Executivo.

Ele saiu em defesa do ministro da Saúde, Henrique Mandetta, alvo na quinta de críticas do presidente Jair Bolsonaro. "Com alertas de Mandetta, governo deveria ter organizado melhor (as ações emergenciais para o combate à pandemia do coronavírus no País)."

A teleconferência, com o tema 'Propostas para o recomeço', é organizada pelo jornal Valor Econômico, com a participação do economista-chefe do Itaú, Mario Mesquita.

Na defesa do titular da Saúde, Maia disse que a falta de compreensão do governo Bolsonaro também atrasa o planejamento do próprio Ministério da Saúde.

O presidente da Câmara citou que o Executivo brasileiro demorou para perceber a gravidade do problema e muitos preferiram achar que não haverá contaminação na economia.

Nas críticas ao governo Bolsonaro, disse que a gestão federal não pensou em como isolar a população idosa nas comunidades de baixa renda. Mas ponderou que a Grã Bretanha fez uma avaliação equivocada no início e só depois Boris Johnson tomou as ações necessárias ao combate da pandemia.

"Erros de avaliação não foi problema só do Brasil", disse Maia, reiterando que aqui no Brasil o mandatário fica batendo na mesma tecla, mas a equipe econômica já virou a chave (no sentido de perceber a gravidade do problema).

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Exile on Wall Street

Bolsa não precisa de motivos para subir e os ganhos acontecerão – mesmo no pior cenário

Do fim de fevereiro até este meio de abril, o Ibovespa retomou os 120 mil pontos rapidamente, e sem qualquer utopia. Isso nos traz uma importante lição enquanto investidores agnósticos: a Bolsa não precisa de motivos para subir. Repita o mantra: não precisa de motivos para subir, não precisa de motivos… assim como você não […]

Taxa zero pra todo o lado

Easynvest zera taxa de corretagem para maioria das operações com ações, BDRs e opções

A corretora digital já não cobrava por investimentos em renda fixa e agora quer expandir essa ideia para ações, BDRs e opções do aplicativo

O melhor do Seu Dinheiro

A magia dos dados da Boa Vista, Arezzo, Hering e outros destaques do dia

No começo do ano, vazaram na internet dados de mais de 220 milhões de brasileiros, incluindo CPF, nome, endereço e renda. O número é maior que o da população brasileira porque o arquivo incluía pessoas que já faleceram. Mas não são apenas criminosos que espalham referências sobre quem somos por aí. Todos os dias nós […]

Esquenta dos Mercados

Exterior deve reagir bem à temporada de balanços, enquanto tensão em Brasília aumenta

Confira esses e outros destaques para a manhã desta quinta-feira (15)

novata na b3

Mater Dei segue com IPO, mas arrecada menos que o esperado

Momento conturbado do mercado e concorrência entre nomes de saúde fazem rede de hospitais mineira cortar preço por ação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies