Menu

Projetos Especiais

2020-03-27T11:40:19-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Se ligue nos prazos

Receita adia entrega de declarações do Simples Nacional e MEI, mas não imposto de renda de pessoas físicas

O prazo final para os microempresários entregarem as declarações referentes ao ano-calendário de 2019 passou de 31 de março para 30 de junho de 2020, mas o prazo para pessoa física não mudou.

27 de março de 2020
11:40
Leão do Imposto de Renda
Leão do Imposto de Renda - Imagem: Giphy

O coronavírus tem afetado diretamente a rotina das pessoas no mundo inteiro. 

Pensando nos impactos da pandemia de Covid-19 na economia, a Receita Federal decidiu adiar decidiu adiar o prazo de entrega da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis) e a Declaração Anual Simplificada para o microempreendedor individual (MEI).

O prazo final para os microempresários entregarem as declarações referentes ao ano-calendário de 2019 passou de 31 de março para 30 de junho de 2020.

Mas você, pessoa física, deve ficar bem atento! No seu caso o prazo de 30 de abril continua valendo e não foi prorrogado. 

Mais de 7,5 milhões de brasileiros já aproveitaram o período de confinamento em casa para entregar a Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física em 2020. Se você não é uma delas e não sabe nem mesmo por onde começar a prestar contas ao Leão, tenho uma proposta para te fazer.  

A Julia Wiltgen e o colunista Richard Camargo criaram a ferramenta perfeita para te mostrar passo a passo como preencher cada item no programa da Receita Federal, com tranquilidade e sem erros.

Embora saber todos os pormenores do programa já seja uma mão na roda, eles não param por aí. Você também pode aprender como aproveitar todos os benefícios tributários para pagar o menor imposto possível e aumentar a sua restituição - tudo dentro das previsões legais.

O material é bem completo e você pode maratonar nesses dias de quarentena. Está tudo bem separado para você encontrar rápido as respostas que procura. 

Primeiro, você receberá as orientações gerais, para declarar itens como dependentes, pensão alimentícia, gastos dedutíveis, aposentadoria, etc. Depois, o Richard irá explicar tim tim por tim tim como declarar os seus investimentos no IR 2020. Estão na lista:

  • Renda Fixa 
  • Ações  
  • Fundos imobiliários  
  • Fundos de investimento  
  • Opções 
  • ETFs 
  • Previdência privada 
  • Como emitir e pagar o DARF
  • Diferenças de tributação de cada investimento

Se você não encontrar sua dúvida nas nossas aulas ou se estiver em uma situação superespecífica, você pode nos enviar suas perguntas. 

Deixo aqui o convite para você conhecer o projeto. Ou se preferir entrar no grupo com um clique, basta se cadastrar neste link. O importante é estar em dia com a Receita e não perder os prazos.

ACESSAR GUIA DEFINITIVO DO IMPOSTO DE RENDA

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

Em fevereiro não tem Carnaval

Moro num país tropical, que eu já não sei se é abençoado por Deus, mas que é bonito por natureza. Mas no próximo mês de fevereiro, ao contrário do que diz a canção do Jorge Ben, não tem Carnaval. A festa foi cancelada pela pandemia. Mas tem outro evento muito aguardado, pelo menos para os […]

JOINT VENTURE

Wiz cria corretora de seguros com a distribuidora de veículos Caoa

Nova companhia terá direito de comercializar com exclusividade, na rede de distribuição controlada pela Caoa, produtos e serviços de seguridade por 20 anos

rodovias estaduais

BNDES aprova R$ 3 bi para lote PiPa, maior concessão rodoviária do País

Banco de fomento informou que o empréstimo cobrirá 58% do total de investimentos previstos nos sete primeiros anos de concessão

Fechamento

De novo ele! Risco fiscal não dá trégua e Ibovespa tem queda firme; dólar sobe a R$ 5,36

Lá fora, o dia foi misto, com os investidores pesando o entusiasmo com Biden e a cautela com a situação econômica na Europa

na justiça

Última audiência de mediação com a Vale no caso Brumadinho termina sem acordo

Segundo o TJMG, mineradora propôs um valor da ordem de R$ 29 bilhões em indenização por danos materiais e morais, abaixo do pedido pelo governo e instituições

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies