Menu

Projetos Especiais

2020-03-27T11:40:19-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Se ligue nos prazos

Receita adia entrega de declarações do Simples Nacional e MEI, mas não imposto de renda de pessoas físicas

O prazo final para os microempresários entregarem as declarações referentes ao ano-calendário de 2019 passou de 31 de março para 30 de junho de 2020, mas o prazo para pessoa física não mudou.

27 de março de 2020
11:40
Leão do Imposto de Renda
Leão do Imposto de Renda - Imagem: Giphy

O coronavírus tem afetado diretamente a rotina das pessoas no mundo inteiro. 

Pensando nos impactos da pandemia de Covid-19 na economia, a Receita Federal decidiu adiar decidiu adiar o prazo de entrega da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis) e a Declaração Anual Simplificada para o microempreendedor individual (MEI).

O prazo final para os microempresários entregarem as declarações referentes ao ano-calendário de 2019 passou de 31 de março para 30 de junho de 2020.

Mas você, pessoa física, deve ficar bem atento! No seu caso o prazo de 30 de abril continua valendo e não foi prorrogado. 

Mais de 7,5 milhões de brasileiros já aproveitaram o período de confinamento em casa para entregar a Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física em 2020. Se você não é uma delas e não sabe nem mesmo por onde começar a prestar contas ao Leão, tenho uma proposta para te fazer.  

A Julia Wiltgen e o colunista Richard Camargo criaram a ferramenta perfeita para te mostrar passo a passo como preencher cada item no programa da Receita Federal, com tranquilidade e sem erros.

Embora saber todos os pormenores do programa já seja uma mão na roda, eles não param por aí. Você também pode aprender como aproveitar todos os benefícios tributários para pagar o menor imposto possível e aumentar a sua restituição - tudo dentro das previsões legais.

O material é bem completo e você pode maratonar nesses dias de quarentena. Está tudo bem separado para você encontrar rápido as respostas que procura. 

Primeiro, você receberá as orientações gerais, para declarar itens como dependentes, pensão alimentícia, gastos dedutíveis, aposentadoria, etc. Depois, o Richard irá explicar tim tim por tim tim como declarar os seus investimentos no IR 2020. Estão na lista:

  • Renda Fixa 
  • Ações  
  • Fundos imobiliários  
  • Fundos de investimento  
  • Opções 
  • ETFs 
  • Previdência privada 
  • Como emitir e pagar o DARF
  • Diferenças de tributação de cada investimento

Se você não encontrar sua dúvida nas nossas aulas ou se estiver em uma situação superespecífica, você pode nos enviar suas perguntas. 

Deixo aqui o convite para você conhecer o projeto. Ou se preferir entrar no grupo com um clique, basta se cadastrar neste link. O importante é estar em dia com a Receita e não perder os prazos.

ACESSAR GUIA DEFINITIVO DO IMPOSTO DE RENDA

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Aquele 1%

Com juros em alta, esses títulos de renda fixa te pagam 1% ao mês, com baixíssimo risco e pouco esforço

A rentabilidade dos sonhos do brasileiro está de volta aos investimentos conservadores, e CDBs que pagam 1% ao mês ou mais já estão fáceis de encontrar

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Alta da Selic, bons números da Weg, IPO do Nubank e dividendos da Gerdau: veja o que marcou o mercado hoje

Há cerca de um mês, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade não mudaria o “plano de voo” a cada novo dado da economia brasileira. Mas, veja só, a realidade obrigou a instituição a recalcular a rota: há pouco, o Copom elevou a Selic em 1,50 ponto percentual, ao […]

Referência em SP

Na corrida do setor de saúde, Rede D’Or (RDOR3) garante fôlego com a compra do Hospital Santa Isabel

O ativo está avaliado em R$ 280 milhões. Porém, conforme explica a empresa, seu endividamento líquido será deduzido na conta final da transação

Ser conservador compensa

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 7,75%

Agora até a poupança ganha da inflação projetada. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom sobre a Selic

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado do Copom a respeito da Selic; a taxa básica de juros foi elevada ao patamar de 7,75% ao ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies