Menu
2020-06-19T10:23:25-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de olho na varejista

Via Varejo anuncia emissão de até R$ 1,5 bilhão em debêntures

Recursos captados pela companhia por meio da integralização das debêntures serão destinados para alongamento do perfil da dívida

19 de junho de 2020
10:21 - atualizado às 10:23
Fachada da loja Casas Bahia, rede pertencente à Via Varejo
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via Varejo - Imagem: Shutterstock

A Via Varejo anunciou a aprovação da 5ª emissão pública de debêntures simples e a autorização para possível aquisição de até 100% das notas promissórias comerciais da 2ª emissão da empresa.

Segundo a empresa, o valor total da emissão pode chegar a R$ 1,5 bilhão na data de emissão. Serão emitidas até 1,5 milhão de debêntures ao valor nominal unitário de R$ 1 mil. A operação é para investidores qualificados.

As debêntures são investimentos de renda fixa de dívida privada, por meio dos quais o investidor-comprador torna-se credor da empresa emissora do papel. Quem compra a debênture está emprestando dinheiro à companhia emissora em troca de uma rentabilidade, os juros.

No caso da Via Varejo, a empresa informa que sobre o valor nominal unitário da primeira série incidem juros remuneratórios correspondentes a 100% da variação acumulada das taxas médias diárias dos DI – Depósitos Interfinanceiros de um dia, over extra grupo, expressas na forma percentual ao ano, acrescidas de uma sobretaxa (spread) de 3,75% ao ano.

Sobre o valor nominal unitário da segunda série incidem juros remuneratórios correspondentes a 100% da variação acumulada da Taxa DI, acrescidas de uma sobretaxa (spread) de 4,25%.

A debêntures da primeira série terão prazo de vigência de um ano contado da data de emissão, e as debêntures da segunda série terão prazo de vigência de 2 anos, segundo a Via Varejo.

Os recursos captados pela companhia por meio da integralização das debêntures serão destinados para alongamento do perfil da dívida, incluindo, mas não se limitando, à aquisição, pela companhia, de notas promissórias comerciais da 2ª emissão, por meio de oferta pública de aquisição.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

pandemia

Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac

Diferença da análise do segundo lote para o primeiro está no fato de que o envase e os processos de rotulagem e embalagem ocorrem no Instituto Butantan

tecnologia na bolsa

Méliuz, que subiu 230% desde IPO, precisa entregar visão mais clara, diz BTG

Empresa foi tema de um relatório otimista após entrevista do CEO da companhia; para banco, Méliuz impressiona pela equipe, cultura e modelo de negócios

energia renovável

Braskem fecha acordo de R$ 1 bilhão com Casa dos Ventos

É o quarto contrato de compra de energia renovável competitiva assinado pela companhia; operação deve contribuir para viabilizar a construção de um novo parque eólico

Proteção

Governo de SP coloca estado na fase vermelha da quarentena a partir do dia 25

Nos dias úteis, a fase vermelha valerá das 20h às 6h.

insatisfação

Empresários pressionam por vacinas, oferecem ajuda e criticam governo

Eles cobram do presidente Bolsonaro pressa na imunização, criticam a politização por causa das eleições de 2022, se colocam à disposição para ajudar e pedem ação do governo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies