Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-18T13:47:46-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
SEGURANÇA

Vale vai remover pessoas próximas a barragem em MG por precaução

Empresa informa que medida reflete abordagem conservadora e que não foram observadas alterações relevantes na estrutura

18 de novembro de 2020
13:47
Vale mina brucutu
Imagem: Vale

A Vale (VALE3) informou nesta quarta-feira (18) que, de forma preventiva, iniciará nos próximos dias a remoção de 34 pessoas que moram perto da barragem Norte/Laranjeiras, da mina de Brucutu, no município de Barão de Cocais, Minas Gerais.

Segundo a companhia, a elevação do nível de emergência reflete uma abordagem conservadora, embora não tenham sido observadas alterações relevantes na segurança da estrutura. Ela informou ainda que a barragem não recebe rejeitos e, portanto, não faz parte do plano de produção de minério de ferro desde dezembro de 2019.

“A Vale adota essa medida em linha com o acompanhamento das condições de segurança de suas estruturas e mantém campanha de investigação geotécnica com o objetivo de definir as ações para o contínuo aprimoramento destas”, diz trecho do comunicado.  

Brumadinho

O tema da segurança das barragens é o que mais tem influência atualmente na tese de investimento da Vale, desde o rompimento da barragem de Brumadinho, também em Minas Gerais, em janeiro de 2019.

O caso ainda se encontra sem solução. O mais recente capítulo ocorreu na terça-feira (17), quando o governo de Minas Gerais, representantes do Poder Judiciário e Vale não conseguiram fechar um acordo para reparação de danos socioeconômicos causados pelo episódio.

Em agosto, o governo do Estado, Ministério Público e a Defensoria Pública do Estado apresentaram um pedido total de pagamento por parte da Vale de R$ 54,6 bilhões, sendo R$ R$ 28 bilhões a título de danos morais coletivos e sociais e 26,6 bilhões a título de compensação socioeconômica à sociedade mineira. 

Uma nova audiência entre as partes para discutir um acordo acontecerá em 9 de dezembro.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Fartura nos resultados

Trimestre apetitoso! McDonald’s supera expectativas do mercado e registra lucro de US$ 2,22 bilhões

Com ajustes, o lucro por ação somou US$ 2,37 e ficou acima da previsão de analistas consultados pela FactSet, de US$ 2,11

O melhor do seu dinheiro

Entrevista exclusiva com a Ânima, o fim de uma era no Santander e mais destaques desta quarta-feira

A pandemia da covid-19 acertou em cheio as empresas de educação privada na bolsa. Em meio à crise, muitos alunos que trabalhavam para pagar as mensalidades acabaram perdendo o emprego. O resultado no balanço das companhias foi o aumento na inadimplência e a queda no número de estudantes nos cursos de graduação. Mas como costuma […]

Lucro forte

Na Olimpíada dos balanços, a WEG foi ao pódio mais uma vez no segundo trimestre

A WEG novamente mostrou forte crescimento na receita líquida, Ebitda e lucro, auxiliada pela demanda forte no exterior e no Brasil

Balanço trimestral

Lucro da Pfizer atinge R$ 5,563 bi turbinado por venda de vacinas

O resultado é 59% maior do que o ganho de US$ 3,489 bilhões registrado em igual período do ano passado

Mudança nas regras

BC altera regulamentação sobre prevenção à lavagem de dinheiro no Brasil

As instituições financeiras precisarão obter informações sobre o local da residência das pessoas naturais ou da sede das empresas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies