Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-12-09T19:45:12-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
sem problemas

Taurus não está preocupada com decisão do governo de zerar imposto para importação de armas

Empresa diz que participação do mercado interno em suas vendas é baixa, mas medida vai resultar na priorização de investimentos no exterior

9 de dezembro de 2020
11:42 - atualizado às 19:45
taurus
Taurus Armas, na cidade de São Leopoldo/RS - Imagem: Felipe Nogs/Agência Preview

O governo federal zerou nesta quarta-feira (9) a alíquota do imposto aplicado para a importação de revólveres e pistolas, mas a Taurus Armas (TASA4) não está preocupada.

A medida, que deve vigorar a partir de 1º de janeiro, está prevista em uma resolução publicada pelo Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Camex), no Diário Oficial da União de hoje.

O presidente Jair Bolsonaro divulgou a decisão em sua conta na rede social Twitter. Na postagem, ele aparece num estande de tiro empunhando uma arma.

Pouco efeito

Em comunicado divulgado a respeito do assunto, a Taurus informou que a decisão não causará efeito negativo sobre seus resultados, uma vez que a participação do mercado doméstico em suas vendas é inferior a 15%, com margens baixas.

“Além do que, somos uma multinacional com fábrica nos EUA e uma futura operação na Índia o que nos dá as mesmas vantagens da resolução da Camex”, diz trecho do comunicado.

Mas, de acordo com a Taurus, a medida vai acelerar o processo de priorização de investimentos em suas fábricas no exterior, em detrimento a aportes em suas atividades no País.

As ações preferenciais da Taurus fecharam hoje em queda 9,70%, a R$ 16,30.

* Com informações da Agência Brasil

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Coluna do jojo

Mercados hoje: Em terra de Copom, quem sobe os juros é rei

Para hoje, além da continuidade da temporada de resultados com pesos pesados – por aqui, esperamos nomes como Gerdau, Banco do Brasil e Petrobras –, mais pesquisas de opinião sobre o sentimento empresarial estão por vir

O melhor do seu dinheiro

O que mexe com seu dinheiro: bolão do Copom na bolsa, novo fundo da Inter, IPO da Raízen e mais

Bem, amigos do Seu Dinheiro. Hoje é dia de decisão! Com o desfalque do diretor Bruno Serra, que testou positivo para a covid-19, o Banco Central entra em campo nesta quarta-feira para definir a taxa básica de juros (Selic). Haja coração! As reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) são para a imprensa econômica o […]

Cliente difícil

Barrada na alfândega: Carne de unidade da BRF não é mais bem vinda na China

País asiático suspende compra de produtos suínos e de aves processados na unidade de Lucas do Rio Verde (MT), alegando problemas no transporte

Esquenta dos Mercados

Pré-mercado: cautela antes da decisão do Copom e risco fiscal devem dividir atenção com balanços do dia

Em meio ao exterior positivo, bolsa brasileira deve lidar com cenário interno de incertezas quanto ao teto de gastos

Preparar para decolagem

Renovação total: Gol faz acordo para adquirir aviões novos; veja os detahes

Presidente da companhia aérea afirma que movimento é uma antecipação à esperada retomada da demanda por viagens após a pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies