Menu
2020-12-29T20:46:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
DINHEIRO NO BOLSO

Simpar e Camil divulgam condições para recebimento de JCP

Holding de logística vai pagar R$ 24 milhões e produtora de alimentos vai repassar R$ 20 milhões aos seus acionistas

29 de dezembro de 2020
20:45 - atualizado às 20:46
dividendos
Imagem: Shutterstock

A Simpar (SIMH3), que assumiu o lugar da JSL (JSLG3) como holding do grupo de logística, e a Camil (CAML3) anunciaram nesta terça-feira as condições para o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) aos seus acionistas.

A Simpar informou que vai distribuir o montante bruto de R$ 24 milhões, correspondente a R$ 0,11654 por ação. Os valores estão sujeitos à dedução de imposto de renda na fonte.

O pagamento está previsto para o dia 29 de janeiro e será feito com base na posição acionária de 6 de janeiro.

A Camil, por sua vez, realizou uma retificação do valor bruto unitário por ação do JCP referente ao trimestre encerrado em 31 de agosto – empresas ligadas ao agronegócio tem um calendário diferente de outras companhias, a fim de alinhar a data de encerramento de seu exercício societário com o ciclo de colheita.

Com o ajuste, feito para excluir da base de cálculo as ações em tesouraria, o valor por ação passou a ser de R$ 0,05443. O montante bruto total é de R$ 20 milhões.

Terão direito ao JCP acionistas detentores de ações em 29 de dezembro. O pagamento está marcado para o dia 12 de janeiro.

O que são JCP?

Os JCP são uma forma de a empresa distribuir lucros, mas em vez de terem um benefício tributário para os acionistas, como ocorre com os dividendos, eles beneficiam a empresa.

Por isso não são isentos de imposto de renda para os acionistas, sendo tributados na fonte a uma alíquota de 15%.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

seu dinheiro na sua noite

B3 Fashion Week

A semana de moda da bolsa brasileira está pegando fogo! Flashes por todos os lados, comentários entusiasmados, queixos caídos a cada novo desfile. As grandes marcas não pouparam esforços para a coleção outono/inverno — e, como era de se esperar, um intenso burburinho toma conta dos bastidores. Essa sexta-feira foi particularmente animada, com a Renner […]

Moradia classe A

Pandemia, juros baixos e dólar caro: combo impulsiona o mercado de imóveis de luxo

Uma combinação que prejudicou boa parte das empresas brasileiras acabou beneficiando o segmento imobiliário de alto padrão

fechamento da semana

Brasília impede Ibovespa de decolar, mas saldo da semana ainda é positivo; dólar vai a R$ 5,58

No Brasil, o que garantiu um bom desempenho do Ibovespa foi a alta das commodities e a recuperação econômica de Estados Unidos e China.

em encontro com investidores

Arthur Lira sinaliza que Orçamento será resolvido ‘sem rupturas’

Presidente da Câmara mencionou ainda o posterior encaminhamento da reforma administrativa e ainda o início das discussões sobre a privatização da Eletrobras

Conheça as novatas

A hora da biotecnologia: empresas do setor disparam até 78% após IPOs na Nasdaq

Três estreantes do segmento atraíram a atenção dos investidores e chegaram com tudo à bolsa norte-americana

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies