Menu
2020-08-25T17:43:42-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
transações a toda hora

Santander Brasil lança solução financeira para o PIX, sistema de pagamentos do BC

Instituição começa hoje campanha publicitária para apresentar o SX, solução financeira que utiliza o novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central

25 de agosto de 2020
17:43
Santander
Sede do Santander Brasil - Imagem: Shutterstock

O Santander Brasil lançou uma oferta própria para utilizar o novo sistema instantâneo de pagamentos do Banco Central, o PIX. A instituição deu início hoje à campanha publicitária para apresentar a solução financeira, que leva o nome de SX.

O uso do PIX se somará às modalidades já disponíveis no mercado, como DOC, TED, cheques e cartões de débito e crédito.

Com a opção, o consumidor poderá fazer pagamentos e transferências com mais eficiência, instantaneamente e sem custo para os clientes pessoa física, diz o banco.

"O PIX pode ser também uma poderosa ferramenta de bancarização da população e de fidelização dos nossos clientes", diz Marcelo Labuto, diretor do segmento Pessoa Física do Santander Brasil.

Em razão de "questões estratégicas", no entanto, o executivo diz que só em breve revelará os "diferenciais" do produto aos consumidores.

De acordo com ele, o PIX demonstrará avanços, mas o consumidor é que será o responsável por fazer o melhor uso desta modalidade — uma vez que há a necessidade de ter recursos disponíveis em conta a cada transação, a qualidade do acesso à internet e a robustez do sistema da instituição financeira.

"O PIX tem muitas vantagens, mas não esperamos que vá substituir todas as outras modalidades de pagamentos", diz Labuto, mencionando que o banco quer ser desde já uma "referência" na tecnologia.

O que é o PIX?

O PIX corresponde ao sistema instantâneo de pagamentos do BC, que traz a expectativa de mudar o mercado e facilitar a vida dos consumidores em transações financeiras.

A ideia é que o sistema funcione a qualquer hora do dia, durante todos os dias do ano, de forma que o usuário não leve mais do que alguns segundos para concluir transações.

As operações pelo PIX poderão ser realizadas por meio de QR Code, uso de chave ou mesmo por meio do preenchimento manual de dados, de acordo com o usuário.

A intenção do Banco Central é que o PIX gere maior inclusão financeira, entrada de novos atores no sistema de pagamentos e a eletronização dos meios. O PIX deve começar a funcionar em novembro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

É dia de feira?

Maia diz que meta flexível em 2021 é ‘jabuticaba brasileira”

O governo resolveu abandonar uma meta fixa de resultado primário no ano que vem.

A queridinha de Wall Street

Ações da Tesla, de Elon Musk, sobem forte após recomendação do Goldman Sachs

A forte alta anual dos papéis ganhou ainda mais força depois da inclusão da Tesla no S&P 500, a partir de 21 de dezembro.

em busca de recursos

Empresas do agronegócio se preparam para ir à Bolsa; veja candidatas

Seis empresas do segmento já entraram com o pedido na CVM; setor, que há tempos sustenta o PIB brasileiro, vinha distante das ofertas de ações

OTIMISMO

Guedes admite PIB um pouco abaixo do esperado, mas vê economia voltando

Resultado leva Ministério da Economia a defender fim dos auxílios emergenciais adotados durante a pandemia

efeito pandemia

Crise longe do fim? 6 pontos para entender o PIB do terceiro trimestre

Economia cresceu 7,7% no período, segundo o IBGE, abaixo do esperado pelo mercado financeiro – que ignora o resultado no pregão desta quinta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies