Menu
2020-04-02T10:00:13-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
dinheiro no caixa

Petrobras fecha acordo com Sete Brasil e vai reverter provisão de R$ 634 milhões

Anúncio dá mais fôlego para a companhia, que deve ter uma redução de receitas por conta da crise do coronavírus e da disputa de preços

2 de abril de 2020
9:23 - atualizado às 10:00
Letreiro da Petrobras em frente a prédio
Letreiro da Petrobras em frente a prédio - Imagem: Shutterstock

A Petrobras informou que celebrou um acordo dando fim a um litígio arbitral proposto por um investidor da Sete Brasil. Com o acordo, a estatal vai reverter a provisão de R$ 634 milhões no primeiro trimestre de 2020.

Os termos do acordo e o processo arbitral não foram divulgados, segundo a Petrobras, porque são protegidos por confidencialidade.

Especializada em gestão de portfólio de ativos voltados para a exploração na camada pré-sal, a Sete Brasil foi criada em 2010 com aporte de R$ 8,3 bilhões pelos sócios fundadores BTG Pactual, Petros, Previ e Funcef, além da própria Petrobras.

A empresa construiria 28 sondas para o pré-sal, mas a crise na qual a Petrobras mergulhou após a Operação Lava-Jato fez com que a estatal suspendesse várias encomendas. A Sete Brasil, então, entrou em recuperação judicial, em 2016.

Diante da crise

O acordo envolvendo a Sete Brasil dá mais fôlego para a Petrobras, que hoje tem um caixa mais equilibrado em relação aos anos pós-crise. A empresa registrou prejuízos anuais por quatro anos seguidos, mas se recuperou a partir de 2018.

Neste ano, a companhia pode ter uma redução de receitas por conta da crise do coronavírus e da disputa que derrubou o preço do petróleo no mercado internacional.

Ontem, a estatal anunciou um novo corte de produção, além do já anunciado em 26 de março, de 100 mil barris diários. Segundo a empresa, o corte será de 200 mil barris diários, incluindo o anterior.

A Petrobras justificou a redução diante da "contração da demanda por petróleo e combustíveis". Outras medidas são postergação de desembolso de caixa e redução de custos.

A empresa já havia anunciado corte de US$ 2 bilhões de gastos operacionais em 2020, sendo uma das ações poupar cerca de R$ 700 milhões em despesas com pessoal.

Nesta quarta-feira (1), as ações PN da Petrobras (PETR4) fecharam o dia cotadas a R$ 14,30. No ano, a desvalorização dos papéis da estatal é de mais de 50%.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Rankings

Os fundos imobiliários mais rentáveis dos últimos cinco anos

Saiba quais foram os FII com maiores retornos de dividendos e com as maiores valorizações na bolsa no longo prazo

fique de olho

Petrobras reajusta gasolina em 7,6%; aumento vale a partir da terça-feira, dia 19

Esse é o primeiro aumento do ano; empresa tem sido criticada por um grupo de concorrentes, acusada de praticar valores abaixo da paridade internacional

indo às compras

XP vê setor de supermercados melhor que antes da pandemia e escolhe ação favorita

Analistas avaliam que segmento apresenta dinâmica de resultados favorável e papéis baratos em termos históricos

na b3

Bemobi, clube de assinatura de aplicativos, pode levantar R$ 1 bi em IPO

Empresa precifica os papéis no dia 8 de fevereiro; companhia, que faz parte de grupo norueguês, vende assinaturas de apps, soluções de “micro finanças”, entre outros

OUÇA DE GRAÇA

Do zero ao R$ 1 bilhão: como a Empiricus usa tecnologia para vender produtos digitais

Na edição dessa semana do Tela Azul, recebemos o Rodrigo Gianotto head de e-commerce da Empiricus.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies