Menu
2020-01-10T07:16:13-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro

Petrobras fecha aditivo de termo de compromisso com a Petros; valor é de R$ 8,8 bi

Estatal explica que o aditivo estabelece as condições de pagamento pela estatal aos planos administrados pela Petros

10 de janeiro de 2020
6:43 - atualizado às 7:16
Petrobras
Imagem: shutterstock

A Petrobras fechou um aditivo de um termo de compromisso com a Petros, fundo de pensão dos funcionários da petroleira, referente a obrigações relativas a planos de empregados admitidos antes de 1º de julho de 1970, chamado de grupo Pré-70.

O valor total do pagamento a ser realizado pela Petrobras é de R$ 8,852 bilhões. A Petrobras explica que o aditivo estabelece as condições de pagamento pela estatal aos planos administrados pela Petros.

Em novembro, o Conselho Deliberativo do fundo de pensão aprovou a cisão dos planos onde estavam alocados estes funcionários ou ex-funcionários, e que se inscreveram como beneficiários até 1º de janeiro de 1996 e se mantiveram vinculados ininterruptamente.

Ficou estabelecido que, nesta mudança, a Petrobras ficaria responsável por eventuais desequilíbrios no passivo do Pré-70.

Essa cisão, segundo informou a Petros à época, é um dos primeiros passos para a implementação do novo PED, uma proposta de reequilíbrio para equacionar os déficits de 2015 e 2018. O grupo é formado também por funcionários que conseguiram na Justiça atender as condições retroativamente.

Segundo a Petrobras, foram concedidas garantias em óleo e derivados estocados no mesmo valor da transação. O prazo de término do compromisso é de 20 anos a partir da data de assinatura do termo de compromisso, realizada em outubro de 2008.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

MEDO DE PERDER DINHEIRO FAZ BEM

As vantagens de ser um investidor covarde

Você tem que ter medo. O excesso de confiança é muito perigoso. O Bobby Axelrod fala isso em um episódio do Billions: ‘eu sinto o gosto do medo na garganta, eu não quero ficar pobre

de olho nos números

Cemig registra lucro líquido de R$ 1 bilhão no 2º tri, queda de 50,6% em um ano

A receita líquida caiu para R$ 5,93 bilhões, de R$ 7,0 bilhões no mesmo trimestre do ano anterior.

balanço do coronavírus

Covid-19: Brasil registra 106.523 mortes e 3,27 milhões de casos

Nas últimas 24 horas, foram notificados 1.060 novos óbitos pela doença

seu dinheiro na sua noite

Quatro passos para escolher uma ação na bolsa

Os detratores da bolsa gostam de comparar o investimento em ações a um cassino, com apostas viciadas em favor da banca (ou dos bancos). Eu mesmo faço essa referência em tom de ironia no meu livro Os Jogadores — já fica a dica de leitura. Não há como negar que muitos investidores realmente encaram o mercado como […]

Sob nova direção

Banco do Brasil confirma indicação de André Brandão para presidência

O Banco do Brasil confirmou agora à noite a indicação de André Brandão para assumir o cargo de presidente da instituição financeira. Após a comunicação formal, via ofício do Ministério da Economia, iniciou-se no âmbito do BB os procedimentos de governança necessários à confirmação da elegibilidade do executivo para o cargo. Brandão faz parte do […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements