Menu
2020-06-30T14:12:20-03:00
próximos passos da estatal

Petrobras diz querer chegar a acordo com a ANP sobre tarifa de gás natural

Segundo o presidente da empresa, a venda de parte da capacidade da TBG a terceiros depende de um entendimento entre a Petrobras e a ANP

30 de junho de 2020
14:12
Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras
Imagem: Will Shutter/Câmara dos Deputados

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou nesta terça-feira, 30, que existe uma divergência entre a estatal e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em relação ao valor da tarifa para transporte de gás natural que precisa ser resolvida para dar prosseguimento à licitação de espaço em gasodutos da empresa.

Segundo ele, a venda de parte da capacidade da Transportadora Brasileira Bolívia-Brasil (TBG) a terceiros depende de um entendimento entre a Petrobras e a ANP, e visa ajudar a quebrar o monopólio do gás no Brasil.

"Em relação à TBG, tem alguns problemas com a ANP. A tarifa de transporte deve ser mais baixa do que é, o que ajudaria a reduzir o preço de gás natural (no Brasil). A ANP discorda de nós e coloca a incerteza na compra do ativo, afinal, qual vai ser o preço do ativo?", explicou ele. "Temos que resolver isso com o agente regulador", completou o executivo.

Segundo ele, o acordo feito com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para abrir o mercado de gás no País está em pleno vigor, e ele diz que, pessoalmente, repudia o monopólio de maneira geral.

"Aprovamos um novo código de ética e repudiamos o poder do monopólio, queremos mercado funcionando em competição, queremos vender no mercado competitivo, mas não como agente dominante", afirmou Castello Branco em webinar promovido pela Amcham Brasil.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Decisão cautelar

TCU proíbe governo Bolsonaro de anunciar em sites que exerçam atividades ilegais

Indícios de irregularidades na veiculação de propagandas do governo federal levaram o TCU a tomar a decisão cautelar, concedida pelo ministro Vital do Rêgo

PGR

Aras recomenda a Guedes mais transparência em gastos no combate à pandemia

A pedido de procuradores do MPF-PE, o procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou recomendações para Guedes dar transparência aos gastos federais

Setor em destaque

Estatais de saneamento querem flexibilizar regras para contratar empréstimos

Com regras mais fáceis para a entrada do setor privado, as estatais de saneamento querem que a concessão de empréstimos ao segmento seja menos rigorosa

Preocupação ambiental

Para empresários, discurso do governo sobre desmatamento mudou

Após reunião com o vice-presidente Hamilton Mourão, empresários parecem satisfeitos quanto aos compromissos firmados pelo governo a respeito do desmatamento

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: O canto da sereia

Uma matéria alertando para os riscos do day trade foi a mais lida desta semana no Seu Dinheiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements