Menu
2020-07-24T15:04:04-03:00
Estadão Conteúdo
campo de búzios

Petrobras aprova contratação de novas plataformas para pré-sal da Bacia de Santos

Petrobras aprovou a contratação de três novas plataformas do tipo Floating Production Storage and Offloading (FPSOs) para operar no campo de Búzios

24 de julho de 2020
15:04
Petrobras
Imagem: Tania Regô/Agência Brasil

A diretoria da Petrobras aprovou a contratação de três novas plataformas do tipo Floating Production Storage and Offloading (FPSOs) para operar no campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos.

Segundo a petroleira, a primeira das três novas plataformas, chamada de FPSO Almirante Tamandaré, tem sua produção prevista para o segundo semestre de 2024.

"O FPSO será afretado com capacidade de processamento diário de 225 mil barris de óleo e 12 milhões de metros cúbicos de gás, e será a maior unidade de produção de petróleo a operar no Brasil e uma das maiores do mundo", informou a estatal.

As duas demais unidades (P-78 e P-79) serão contratadas na modalidade Engineering, Procurement and Construction (EPC) e terão capacidade para processar diariamente 180 mil barris de óleo e 7,2 milhões de metros cúbicos de gás, cada uma. A previsão é de que as plataformas entrem em operação em 2025.

A Petrobras contratará também árvores de natal molhadas, as ANMs (equipamentos que fazem parte do sistema submarino de produção), sondas, serviços de poços e sistema de coleta. São esperadas que as contratações dos FPSOs e das ANMs sejam concluídas em 2021, e as demais se iniciem nos próximos 18 meses.

As três novas plataformas fazem parte de um plano total de instalar 12 FPSOs no campo de Búzios, que se tornará no maior ativo da companhia, produzindo mais de 2 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed).

Atualmente, há quatro unidades em operação em Búzios, que respondem por mais de 20% da produção total da Petrobrás.

A quinta plataforma, o FPSO Almirante Barroso, está em construção e tem início de produção previsto para o segundo semestre de 2022.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Combinação promete

Aura Minerals (AURA33): ouro e dividendos no mesmo investimento

Max Bohm, sócio e analista de Empiricus, enxerga um potencial enorme de crescimento na combinação oferecida pela mineradora

VÍDEO

É hora de investir em commodities? Saiba tudo sobre o novo ciclo de alta

Alta das commodities impacta diretamente as economias emergentes; saiba mais no vídeo do analista Matheus Spiess, da Empiricus

acompanhe

LIVE: Tudo sobre a melhor semana de cripto da história

Vitreo e Empiricus transmitem conversa sobre semana histórica para o investimento em criptomoedas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies