Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-03T14:50:33-03:00
Estadão Conteúdo
Novidade no mercado

OLX Brasil conclui aquisição do Grupo Zap por R$ 2,9 bilhões

A transação havia sido aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em outubro.

3 de novembro de 2020
14:50
Logo_olx
Imagem: Creative Commons

A OLX Brasil anunciou nesta terça-feira, 3, a conclusão da aquisição do Grupo Zap, assinada em março, por aproximadamente R$ 2,9 bilhões. A empresa de classificados online fundada na Holanda passa a operar no mercado de imóveis com as marcas OLX, Zap e Viva Real, com atuações complementares para atender às diferentes demandas de consumidores finais, anunciantes privados e profissionais do setor. A transação havia sido aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em outubro.

Leia também:

"A OLX Brasil se fortalece, tornando-se uma das mais relevantes empresas de tecnologia 100% digital do mercado brasileiro", diz Andries Oudshoorn, CEO da OLX Brasil, em nota. "Essa união potencializará a experiência dos nossos consumidores, clientes profissionais e parceiros na plataforma como um todo. Além disso, terá efeitos positivos sobre as demais verticais estratégicas da OLX Brasil."

A operação unificada da OLX Brasil terá duas unidades. A OLX, sob a gestão de Lucas Vargas, continuará operando como plataforma horizontal com as categorias de automóveis, imóveis, bens de consumo, empregos, e serviços, além da OLX Pay, solução de pagamento digital e entrega lançada em julho.

A segunda unidade de negócios, batizada de ZAP+, terá como líder Marcos Leite e será totalmente focada em imóveis, reunindo as marcas Zap, VivaReal, DataZAP, Conecta Imobi, Anapro, Inc Pro, Geoimovel, ZAP Fin e Imobilinks.

As unidades OLX e ZAP+ devem trabalhar juntas. O primeiro passo será a integração das forças de vendas para imóveis, que ficará sob a gestão do ZAP+ e comercializará todos os produtos de imóveis das diferentes marcas do grupo.

O grupo passa a contar com 1.600 funcionários, sendo que 400 pessoas serão da equipe de tecnologia.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: bolsas devem digerir ‘Super Quarta’ hoje, de olho no pagamento de juros da Evergrande e agenda local pesada

O tapering ficou para depois, o que é um duplo sinal para o investidor; já o BC brasileiro deve ter um impacto neutro no Ibovespa hoje

Alívio imediato

Acordo da Evergrande com credores faz ações recuperarem 17,62% na bolsa de Hong Kong

Apesar de alívio hoje, crise da segunda maior incorporadora chinesa tende a alimentar incerteza a cada novo vencimento

DIA AGITADO

Dividendos: em meio a polêmica na CPI, Hapvida (HAPV3) paga JCP aos acionistas

Depois de dia agitado com citação de diretor da empresa na CPI da pandemia, Hapvida encerrou a quarta-feira com anúncio de pagamento de JCP

Ivan Sant'Anna

Bitcoin ou ouro? A verdadeira reserva de valor que você precisa ter entre os seus investimentos

Quando alguém fala em reserva de valor, deve ter em mente que se refere a ativos cotados na moeda do país em que o investidor vive, ganha e gasta.

Polêmica

Reserva de emergência e aplicações de curto prazo: CDB 100% do CDI pode ser melhor que Tesouro Selic?

Com a Selic mais alta, vale a pena voltar a discutir qual a opção ideal para a reserva de emergência; e, nesse sentido, os CDBs que pagam 100% do CDI com liquidez diária podem sim ser uma boa pedida

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies