Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-04-23T00:26:18-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
estratégias do banco público

Empenho hoje está nos setores aéreo, automotivo e varejo, diz presidente do BNDES

Gustavo Montezano detalhou o esforço fiscal da instituição para contribuir com o enfrentamento da crise em teleconferência promovida pelo Itaú BBA

19 de abril de 2020
22:29 - atualizado às 0:26
edit_vac_abr_16071919198
O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, durante entrevista coletiva, no Ministério da Economia. - Imagem: Valter Campanato / Agência Brasil

O presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social, Gustavo Montezano, detalhou o esforço fiscal da instituição para contribuir com o enfrentamento da crise em teleconferência promovida pelo Itaú BBA.

Segundo ele, o esforço atualmente está nos setores aéreo, automotivo, varejo (excluído o segmento de alimentação), e elétrico. "Acho que estamos fazendo o melhor uso possível do recurso público para crise", afirmou.

A intenção é liquidar operações para os setores considerados prioritários em maio. O banco ainda avalia incluir novos setores na lista de prioridades. Está sendo avaliada a inclusão de grandes empresas com relevância na economia, que estejam sendo afetadas pela crise.

O setor de saúde, apesar de estar sendo "sobredemandado", de acordo com Montezano, deve precisar de ajuda após a crise.

O presidente do BNDES destacou ainda o sucesso no financiamento de folhas de pagamento de empresas que tenham faturamento de R$ 360 mil a R$ 10 milhões. A estratégia tem a função de dividir o risco entre a iniciativa pública e privada.

Está em discussão ainda a adoção de linhas de microcrédito para companhias com faturamento inferior a R$ 360 mil. "O combate à crise é dinâmico. Acompanhamos a evolução e tudo pode mudar", afirmou.

Montezano disse acreditar que, passada a crise, o setor de infraestrutura ganhe mais relevância e volte a atrair o investimento. Está mantida, portanto, a agenda de privatizações, como da Eletrobras e Correios.

Da mesma forma, o cronograma de venda de estatais de saneamento básico, que está em andamento nos Estados do Acre, Alagoas, Amapá e Rio de Janeiro.

"Haverá, sim, apetite de investidores para infraestrutura no pós-crise", disse Montezano, acrescentando que não é possível, porém, calcular o "grau do apetite", diante da retração da riqueza no mundo.

Para fazer frente aos desafios, o BNDES vai se concentrar nas ações de enfrentamento da crise. Com isso, sua atuação como credor deverá sofrer transformações, disse Montezano.

A estratégia é segurar o caixa, reter liquidez, para atuar no que chamou de "segunda onda", de reconstrução da economia. Segundo ele, não está em discussão nenhum repagamento ao Tesouro Nacional.

"Assim que o mercado tiver um horizonte mais claro, vamos voltar à nossa agenda", acrescentou.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Novidades da maçã

Apple apresenta novos modelos de MacBook Pro e AirPods; computador vai custar até R$ 45 mil no Brasil

Disponíveis agora em modelos de 14 e 16 polegadas, os dispositivos prometem um processamento ainda mais potente do que os antecessores

Ao Vivo

Apple apresenta novos modelos de MacBook Pro e Airpods; acompanhe o lançamento

Apresentado pelo CEO da companhia, Tim Cook, este é o segundo evento da empresa para lançamento de produtos neste ano

Benefício perto do fim

Sem substituto para o Bolsa Família, Bolsonaro afirma que definição sobre extensão do auxílio emergencial sai nesta semana

O presidente não revelou quantas serão as novas parcelas do benefício, mas afirmou que o valor já foi decidido pelo governo no último sábado

Movimentando o mercado

Fleury (FLRY3) compra Laboratório Marcelo Magalhães; saiba mais sobre aquisição, a segunda maior na história do grupo

O grupo pagará R$ 384,5 milhões pela empresa, que, com 64 anos de história, é referência em medicina diagnóstica no estado de Pernambuco

DIA DE ESTREIA

Getnet (GETT11) ganha vida própria e estreia na B3 com o pé direito; ações ordinárias e preferenciais disparam mais de 100%

As units (GETT11), papéis com maior liquidez, subiam cerca de 59,45%, cotadas a R$ 7,51. Como parte da cisão de SANB11, integrante do Ibovespa, as ações já integram o principal índice da bolsa brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies