Menu
2020-09-18T10:23:33-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
disputa tecnológica

EUA anunciam proibição de TikTok e WeChat no País a partir de domingo

TikTok ainda tem até o dia 12 de novembro para firmar acordo para venda das operações no país

18 de setembro de 2020
10:23
tiktok instagram celular
Imagem: Shutterstock

Os Estados Unidos decretaram nesta sexta-feira (18) que os aplicativos de origem chinesa TikTok e WeChat terão que ser removidos de serviços de downloads disponíveis nos EUA a partir de domingo, 20 de setembro

O governo americano alega que as duas plataformas representam risco de segurança nacional para o país - porque poderiam, segundo os EUA, ser usadas pelo Partido Comunista da China como veículos para obtenção de dados sigilosos.

No domingo, dia 20, o WeChat será completamente banido em território americano, com operadoras de internet proibidas de permitir seu funcionamento.

Já o TikTok tem até o dia 12 de novembro para firmar acordo para venda das operações no país. Se as questões de violação das normas não forem resolvidas até esse dia, o app também será descontinuado.

O aplicativo pertence a ByteDance, que está em negociações avançadas com a Oracle para fechar o negócio. A Microsoft também estava no páreo, mas a empresa chinesa teria recusado a oferta da americana.

O TikToik tem mais de 500 milhões de usuários e ainda ameaça o domínio do Facebook no setor de mídias sociais.

A investida americana para banir a operação do aplicativo TikTok é mais um capítulo da mudança do cenário nos EUA para as empresas chinesas, especialmente as de tecnologia.

Durante o governo Trump, a relação de Washington com Pequim piorou quando o assunto é comércio, segurança nacional ou tecnologia. Mas nos últimos meses o ambiente para empresas que tentam furar a linha de separação entre as duas potências se tornou especialmente hostil.

O uso da plataforma chinesa de vídeos curtos explodiu entre os adolescentes americanos e foi definida pelo jornal New York Times como "a primeira história de sucesso verdadeiramente global da internet chinesa".

A ByteDance tentou contornar a separação entre os dois países ao armazenar dados fora da China e contratar nomes americanos para gerir o aplicativo. Mas não foi suficiente.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

seu dinheiro na sua noite

Fidelidade em baixa com a pandemia

Não, não estou falando da fidelidade entre casais. Até porque, por mais que a convivência excessiva em família na quarentena tenha abalado alguns casamentos, o momento não anda muito propício às puladas de cerca. Estou falando do setor de fidelidade, que abarca as empresas de programas de pontos e milhagem, sobretudo aqueles ligados às companhias […]

Empresa ligada à Vale

Justiça aprova pedido de Recuperação Judicial da Samarco

RJ não terá impacto nas atividades operacionais da mineradora, nem nas ações de reparação e compensação pela tragédia de Mariana

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies