⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-02-13T17:25:19-03:00
Estadão Conteúdo
Uma visão geral

Empresários querem menos desigualdade, oportunidades iguais e eficiência estatal, dizem presidente da MRV e CEO da Localiza

Análise de conjuntura foi feita pelos empresários Rubens Menin, da MRV Engenharia, e Eugênio Mattar, da Localiza

13 de fevereiro de 2020
17:25
Rubens Menin
Presidente da MRV, Rubens Menin - Imagem: Werther Santana/Estadão Conteúdo

A redução da desigualdade é condição para uma sociedade melhor e passa por criar igualdade de oportunidades e pela eficiência do Estado. A análise é dos empresários Rubens Menin, presidente do conselho da MRV Engenharia, e Eugênio Mattar, CEO da Localiza.

Fundadores do Movimento Brasil Maior, os dois apostam também no papel da sociedade civil e da filantropia para atingir esse objetivo. "A democracia é o melhor sistema político e o capitalismo o melhor sistema econômico, mas precisam ser aperfeiçoados. O Arminio (Fraga, ex-presidente do Banco Central) e outros têm falado muito sobre isso. Precisamos melhorar o sistema. O capitalismo gera riqueza e ela precisa ser melhor direcionada. Não tem jeito de você ter uma sociedade boa com uma desigualdade muito grande. Como mudar isso? A melhor forma é dar igualdade de oportunidades", disse Menin em entrevista nos bastidores da Conferência Converge Capital, no Rio.

A visão dos empresários é que a filantropia no Brasil ainda é tímida e que há poucos projetos que despertem o interesse de doadores. A meta do Movimento Bem Maior - que tem ainda Elie Horn, da Cyrela, entre os fundadores - é dobrar o volume do investimento social privado doado no País de 0,2% para 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em dez anos. A principal aposta é em projetos voltados à educação na infância e na adolescência.

Questionados se é possível reduzir desigualdade em um contexto de Estado mínimo, os empresários defenderam que esse conceito se traduza em um Estado eficiente. "Estado mínimo é para ser máximo nas funções de Estado: educação, saúde e segurança", disse Mattar. Considerando a reforma administrativa importante porque o Estado é caro em relação ao que devolve à sociedade, eles entendem que a fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, que comparou servidores públicos como "parasitas", foi "desfigurada".

Os dois empresários se mostraram confiantes com o desenvolvimento do Brasil. Menin destacou o baixo patamar atual da taxa básica de juros, hoje em 4,25% ao ano. "Nunca trabalhei com uma taxa de juros tão benéfica. uma prestação com juros de 5% ao ano é muito menor que uma de 10% ao ano. é um fator novo e fator de crescimento sustentável. Nunca tivemos uma taxa de juros tão afável", afirmou ele, para quem 2020 será o ano da indústria da construção mais vai contribuir com o PIB.

Realizada hoje e amanhã, no Rio, a Converge Capital reúne membros de famílias investidoras, executivos, empreendedores e profissionais da área financeira brasileira e internacional para debater sobre como alinhar suas carteiras de investimentos às dimensões sociais e ambientais.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

CENTRAL DAS ELEIÇÕES

Eleições 2022: Veja como a imprensa internacional repercutiu o resultado da eleição

3 de outubro de 2022 - 10:35

Acompanhe a cobertura ao vivo das eleições 2022 com as principais notícias sobre os principais candidatos à Presidência e nos Estados

ELEIÇÕES 2022

Um teste para a democracia brasileira: Veja como a imprensa estrangeira está repercutindo o resultado da eleição

3 de outubro de 2022 - 10:29

Jornais, sites e revistas chamam a atenção para o desempenho melhor que o previsto pelas pesquisas do presidente Jair Bolsonaro

CAUTELA GLOBAL

Ativos de risco em xeque: bitcoin (BTC) sustenta patamar de US$ 19 mil, mas não empolga com dados esperados da semana; criptomoedas não saem do bear market

3 de outubro de 2022 - 10:00

Correndo o risco de parecer brutalmente realista, pouco se pode esperar de qualquer mudança no cenário daqui para frente

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa opera em alta acima de 4% com eleições e exterior; Sabesp (SBSP3) e Petrobras (PETR4) disparam

3 de outubro de 2022 - 9:05

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam sem direção definida nesta segunda-feira (3). No exterior, os investidores mantêm-se cautelosos e acompanham discursos de dirigentes do Federal Reserve (Fed) nos EUA. O grande destaque do dia é o cenário doméstico, com a digestão do primeiro turno eleitoral e a continuidade da disputa presidencial entre Lula (PT) […]

MERCADO EM 5 MINUTOS

Mercado em 5 Minutos: Quantas reviravoltas cabem em uma só mão?

3 de outubro de 2022 - 9:04

Investidores esperam por dados importantes sobre empregos nos EUA, se preparando também para a temporada de resultados corporativos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies