Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-09-25T15:18:08-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
inteligência artificial

Elon Musk critica anúncio da Microsoft e expõe insatisfação com projeto de IA

Empresa terá licença exclusiva para o GTP-3, modelo de linguagem de inteligência artificial criado pela OpenAI – iniciativa fundada sem o propósito lucrativo

25 de setembro de 2020
15:15 - atualizado às 15:18
O bilionário Elon Musk, CEO da Tesla
Elon Musk, CEO da Tesla - Imagem: Wikimedia Commons

O CEO da Tesla, Elon Musk, criticou o anúncio de que a OpenAI concedeu à Microsoft uma licença exclusiva para o GPT-3, o novo modelo de linguagem de inteligência artificial da instituição.

Longe de ser uma bravata do bilionário, a desconfiança encontra eco na internet e amplifica as dúvidas em torno do projeto. "Isso [a exclusividade da licença para companhia] parece o oposto de aberto. Em essência, a OpenAI é capturada pela Microsoft", disse no Twitter.

Mais recente iniciativa da OpenAI, o GPT-3 funciona como um poderoso "autocompletar", gerando ensaios a partir de uma sentença, músicas inteiras a partir de uma introdução ou layouts de uma página a partir de uma poucas linhas de código HTML.

A OpenAI foi fundada em 2015, levantando bilhões com a premissa de que não teria lucro e de que agiria em benefício de toda a humanidade. Mas a instituição virou alvo de especulação a partir principalmente de 2019, quando suspendeu o lançamento do GPT-2 e criou um braço com fins lucrativos.

A tese que passou a ser ventilada em parte da imprensa era de que a iniciativa planejava licenciar o produto em um futuro breve - impressão que foi reiterada quando, em julho daquele ano, a OpenAI aceitou um segundo investimento bilionário da Microsoft.

Nos meses seguintes, o CEO da OpenAI, Sam Altman, passou a enfatizar em mensagens internas a necessidade de se comercializar as tecnologias para continuar com o apoio ao trabalho, segundo a publicação MIT Technology Review.

O CTO da Microsoft, Kevin Scott, disse no blog da empresa que o licenciamento do mais novo produto seria para "alavancar suas inovações técnicas, desenvolvendo e fornecendo soluções avançadas de Inteligência Artificial" aos clientes da companhia.

Não está claro exatamente quais seriam seus usos comerciais do GPT-2 e nem mesmo ao que exatamente a licença daria direito à empresa. Scott disse que a OpenAI continuará a oferecer acesso ao GPT-3 por meio de sua API.

A Microsoft disse ao portal The Verge que o acordo dá acesso exclusivo ao código subjacente do GPT-3 - permitindo que ela incorpore, reaproveite e modifique o modelo como desejar.

Já a OpenAI reiterou a mensagem dizendo que "o acordo não tem impacto sobre o acesso contínuo ao modelo GPT-3 por meio da API da OpenAI, e os usuários existentes e futuros continuarão construindo aplicativos com nossa API, como de costume".

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: exterior mantém fôlego mesmo com ‘Super Quarta’ e bolsa brasileira deve ficar de olho em precatórios e reforma do Imposto de Renda

A divulgação da política monetária do BC americano deve movimentar os negócios, enquanto no cenário local, a autoridade brasileira pode elevar ainda mais a Selic

Portfólio integrado

Vitreo vai permitir importação de investimentos de fundos para aplicativo de consolidação da carteiras e Real Valor

A corretora será a primeira a disponibilizar a integração automática com o aplicativo de sincronização de ativos

NO ÚLTIMO MINUTO

Unidade da Evergrande promete pagar em dia juros devidos para amanhã

Anúncio proporciona alívio em meio a temores de calote, mas ações da incorporadora seguem em queda na bolsa de Hong Kong

AINDA SEM ACORDO COM REPUBLICANOS

Na Câmara, democratas aprovam suspensão de teto de dívida nos EUA

Projeto segue agora para o Senado; aprovação é fundamental para evitar o chamado fechamento do governo, mas impasse coloca medida em risco

nova selic hoje

BC deve manter “plano de voo” e elevar taxa básica de juros em 1 ponto, para 6,25% ao ano; saiba o que esperar do Copom

Declaração recente de Campos Neto conteve apostas maiores que a de um ponto; crise hídrica e desaceleração da China podem aparecer em comunicado de decisão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies