2022-06-27T13:29:58-03:00
Camille Lima
O RISCO É NÃO INVESTIR

É hora de comprar pechinchas e largar o bitcoin: Confira as dicas do megainvestidor Howard Marks, o “guru” de Warren Buffett

Com a venda generalizada, o preço de muitos ativos pode cair ainda mais — e, para o gestor da Oaktree Capital, o momento ideal para ir às compras agressivamente é agora; você pode investir no fundo em reais e no Brasil

27 de junho de 2022
12:14 - atualizado às 13:29
Howard Marks, gestor da Oaktree Capital
Howard Marks, gestor da Oaktree Capital - Imagem: Divulgação

Qual é o seu primeiro instinto ao ver o mundo inteiro vender ativos para se blindar contra a possibilidade de recessão iminente? Se a resposta foi “vender também”, Howard Marks estaria seriamente decepcionado com você se soubesse disso.

Sabe aquela máxima de “compre na baixa, venda na alta”? É mais ou menos isso que o “guru” de Warren Buffett está fazendo. Enquanto todos estão protegendo a carteira de investimentos, o gestor do prestigiado fundo Oaktree Capital está disposto a fazer grandes apostas (aliás, você pode investir nele aqui no Brasil pela Vitreo neste link)

“A maioria das pessoas diria que o maior risco é uma baixa relacionada à inflação e más notícias econômicas. Pela minha experiência, esse é um problema temporário. Acho que o maior risco é não estar no mercado”, afirmou Marks.

A estratégia de Howard não consiste em tomar decisões de investimento com base em previsões macroeconômicas, como a escalada da inflação ou a possibilidade de recessão, muito menos de cronometrar o mercado. “Acho que a ideia de esperar pelo abismo é uma ideia terrível”, disse o gestor em entrevista ao Financial Times.

Com a venda generalizada, o preço de muitos ativos está uma pechincha e pode cair ainda mais. Segundo Marks, se existe um momento ideal para ir às compras agressivamente, a hora é agora.

“Hoje estou começando a me comportar de forma agressiva. Tudo o que negociamos está significativamente mais barato do que há seis ou 12 meses”, afirmou o fundador da gestora na entrevista.

Howard Marks e os investimentos em dívidas

Howard Marks é amplamente conhecido por investir em títulos de empresas que enfrentam dificuldades financeiras, inadimplência ou estão em processo de falência.

A própria gestora de Marks, a Oaktree, foi fundada em 1995 com a estratégia de investir em “boas empresas com balanços ruins”. A especialidade da empresa são títulos de dívidas high yield, papéis com elevado risco de calote, mas que pagam juros mais altos.

A busca da Oaktree por pechinchas não começou agora. Em 2008, quando a bolha imobiliária nos Estados Unidos estourou, a empresa investiu US$ 10 bilhões em títulos de dívidas de empresas em dificuldades.

A recuperação desses títulos rendeu US$ 6 bilhões aos clientes da Oaktree — sendo que só Mark e os sócios abocanharam mais US$ 1,5 bilhão. Hoje, a companhia é uma potência de US$ 164 bilhões em investimentos em dívida.

  • QUER APLICAR PARTE DO SEU PATRIMÔNIO NO OAKTREE? É possível investir no Oaktree Capital em reais e no Brasil. O fundo vai aportar seu patrimônio no promissor mercado de crédito global com exposição cambial a moeda forte, o dólar. A gestora é uma das referências em crédito privado no mundo e tem como seu fundador Howard Marks. Basta acessar a Vitreo clicando aqui

Algumas corretoras brasileiras oferecem acesso ao fundo da Oaktree, entre elas a Vitreo.

Segundo a referência de Warren Buffett, atualmente os preços de títulos de alto rendimento, empréstimos alavancados, títulos lastreados em hipotecas e obrigações de empréstimos garantidos estão recuando.

A dívida corporativa de alto risco nos Estados Unidos caiu cerca de 13% em 2022, a maior queda desde a crise financeira de 2008, segundo a Ice Data Services.

“Nunca podemos ter certeza, mas parece um momento razoável para começar a comprar. Os ativos podem cair ainda mais. Nesse caso, espero que tenhamos vontade de comprar mais. As coisas estão muito mais baratas do que há alguns meses, e os valores são muito bons no absoluto. Isso torna este um momento razoável para iniciar um programa de compra", destacou Howard Marks.

É hora de dar adeus ao bitcoin?

Para Howard Marks, o otimismo cego dos investidores pode colocar seus patrimônios em perigo. “Quando as coisas vão bem, as pessoas não se preocupam com o lado negativo. E eles avançam para novas áreas em que nunca estiveram antes.”

O investidor afirma que algo parecido aconteceu com a corrida em direção às criptomoedas.

“Quanto mais quente o ambiente, mais as pessoas olham para algo como criptomoedas e deixam de questionar se ‘é possível que isso vai funcionar’, passando a ter certeza de que funcionará. É aí que você fica em apuros.”

Marks acredita que não sabe o suficiente sobre os ativos digitais, mas observa o setor com um olhar cético, uma vez que acredita ser impossível uma moeda como o bitcoin (BTC) se valorizar.

“Acredito que ativos que não têm fluxo de caixa não têm valor intrínseco. Uma boa parte do valor tem que ser conceitual e orientada para o futuro.”

SIGA UM DOS MAIORES INVESTIDORES DO MUNDO: é possível investir no Oaktree Capital em reais e no Brasil. O fundo vai aportar seu patrimônio no promissor mercado de crédito global com exposição cambial a moeda forte, o dólar. A gestora é uma das referências em crédito privado no mundo e tem como seu fundador Howard Marks. Basta acessar a Vitreo clicando aqui

A estratégia de Howard Marks na pandemia

Nem mesmo a pandemia foi o suficiente para interromper as compras de Howard Marks, mas o investidor decidiu defender um posicionamento mais defensivo no ano passado.

“Achei que os preços dos ativos eram razoáveis, considerando as taxas de juros, mas acreditava que elas subiriam, o que significava que os preços cairiam ainda mais", disse Marks.

Durante a crise da covid-19, as empresas aproveitaram as baixas taxas de juros para garantir financiamentos baratos.

Conforme o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) adotou um posicionamento mais agressivo em relação ao aperto monetário e apertou o pé no acelerador dos juros, o mercado sofreu uma gigantesca pressão vendedora.

*Com informações de Financial Times

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Balanço

BTG Pactual (BPAC11) tem lucro de R$ 2,175 bilhões no 2T22 e renova recorde

9 de agosto de 2022 - 7:26

Lucro líquido recorrente de R$ 2,175 bilhões do BTG no segundo trimestre representa um avanço de 26,5% em relação ao mesmo período de 2021

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Um mundo tomado pela inflação: entenda ao que é preciso prestar atenção para saber se os preços vão finalmente parar de subir

9 de agosto de 2022 - 6:10

O processo de normalização dos preços será fundamental para que consigamos ter maior previsibilidade quanto ao futuro dos ativos de risco

COMBUSTÍVEIS

Mudou de ideia? Bolsonaro diz que política de paridade de preços da Petrobras (PETR4) pode ser mantida como está

8 de agosto de 2022 - 20:43

Bolsonaro anunciou que vai manter os impostos federais dos combustíveis zerados no próximo ano

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) perde um pouco de tração, mas segue operando em alta; saiba o que mexe com a maior criptomoeda do mundo

8 de agosto de 2022 - 20:04

O destaque do dia foi para o ethereum (ETH), mas não pela alta de preços e sim pelo volume negociado nas últimas 24h

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro alfineta banqueiros e diz que ações do governo contam mais do que “assinar cartinha”; confira o recado enviado pelo presidente

8 de agosto de 2022 - 18:49

Chefe do Planalto fez referência aos manifestos em defesa da democracia articulados em reação à ofensiva sem provas do governo sobre a lisura do sistema eleitoral brasileiro — e que contou com a assinatura de banqueiros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies