Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-06T14:55:26-03:00
Estadão Conteúdo
negócio fechado

De olho em imóveis, OLX Brasil compra Grupo Zap por R$ 2,9 bi

Com a aquisição, as duas empresas terão mais de 12 milhões de anúncios de imóveis e cerca de 40 mil agentes imobiliários parceiros no Brasil

4 de março de 2020
8:13 - atualizado às 14:55
Imóveis
Imagem: Shutterstock

A empresa de classificados on-line OLX Brasil anunciou ontem um acordo para adquirir 100% das ações da startup de imóveis online Grupo Zap. O negócio, que envolverá R$ 2,9 bilhões em dinheiro, ainda depende da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) - até lá, as duas empresas funcionarão de forma completamente independente. Com a aquisição, as duas empresas terão mais de 12 milhões de anúncios de imóveis e cerca de 40 mil agentes imobiliários parceiros no Brasil.

Em comunicado enviado à imprensa, a OLX afirma que fechou o negócio para aumentar sua posição no mercado de imóveis, em um momento especial para o setor no País, com "a queda na taxa de juros e muito potencial de crescimento". "Estamos na vanguarda para que a cadeia de valor de imóveis seja mais digital. Com a transação, vamos tornar os processos de compra, venda e aluguel de imóveis mais seguros, simples e eficientes", diz Andries Oudshoorn, presidente executivo da OLX no País.

Fundada em 2006 na Argentina por Fabrice Grinda e Alejandro Oxenford, a OLX hoje é controlado pelo Prosus, grupo com sede em Amsterdã, na Holanda e pela sul-africana Naspers. Em todo o mundo, a OLX tem mais de 20 marcas diferentes e cerca de 300 milhões de usuários. Aqui, a OLX Brasil é uma joint venture entre o Prosus e a Adevinta, da norueguesa Schibsted.

Já o Grupo Zap é o resultado da fusão entre o Zap Imóveis e o Viva Real, dois serviços de classificados de imóveis brasileiros - fundado em 2000, com participação do jornal O Estado de S. Paulo e do Grupo Globo, o Zap Imóveis hoje é controlado indiretamente por acionistas da Globo. O Estado vendeu sua participação no negócio em 2012. Em 2018, o Grupo Zap teve receitas de R$ 217 milhões. Há alguns anos, a empresa era cotada para se tornar um novo unicórnio brasileiro - startup avaliada em pelo menos US$ 1 bilhão. O valor da aquisição, porém, não foi suficiente para o Zap alcançar tal status. Segundo comunicado, o JPMorgan e a Allen & Company foram os assessores financeiros da OLX e do Zap na transação.

Setor movimentado

O setor de imóveis tem sido bastante movimentado no mundo das startups brasileiras. Ao longo dos últimos 12 meses, duas empresas do ramo se tornaram unicórnios - o QuintoAndar, que intermedeia aluguéis residenciais, e a Loft, que faz compra, reforma e revenda de apartamentos em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

As duas empresas receberam rodadas de investimentos na casa das centenas de milhões de dólares e chamam a atenção por seu crescimento expressivo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Mais uma empreitada

Do espaço para as fazendas: Elon Musk consegue licença para oferecer internet via satélite no Reino Unido

A Starlink, segundo informações do jornal Telegraph, quer chegar a regiões onde a cobertura por fibra e 5G não alcançam, e tem planos mais ambiciosos

Leão faminto

Carga pesada: Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão

Monitoramento da Associação Comercial de São Paulo mostra que, no ano passado, marca foi atingida somente no dia 28 de setembro

Muita calma nessa hora

Tem Vale Gás? Petrobras diz que não há definição sobre participação em programas sociais

Manifestação vem depois que o presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que a estatal tem R$ 3 bilhões em reservas para custear ajuda

Clube do Livro

Batalhas sem arma: Em “Cripto Wars”, Jim Rickards explica guerras cambiais e agora, com criptomoedas

Autor, conhecido também por suas previsões certeiras sobre o bitcoin, fala de como a tecnologia mudou as estratégias financeiras dos países

RUMO AO MILHÃO

O primeiro e mais importante investimento para quem atingir o primeiro milhão (ou ir além)

Por mais que você busque o conforto e a segurança de uma promessa de retorno garantido, digo, com convicção, que o único investimento com retorno garantido em longo prazo é aquele feito em educação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies