Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-10-19T13:29:22-03:00
Caio Nascimento
Caio Nascimento
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP) e com passagens pelo Estadão e Jornal da USP.
Uma possível novata na Bolsa

Cruzeiro do Sul pretende captar até R$ 1,5 bilhão em IPO, diz jornal

Grupo educacional pretende usar 93% do valor captado para aquisições, fusões e crescimento orgânico

19 de outubro de 2020
13:25 - atualizado às 13:29
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Imagem: Shutterstock

A Cruzeiro do Sul Educacional visa captar de R$ 1,2 bilhão a R$ 1,5 bilhão em sua oferta inicial de ações (IPO), conforme apurou o jornal Valor Econômico nesta segunda-feira (19). O pedido de registro de companhia aberta à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) ocorreu no último dia 2 de setembro.

De acordo com o jornal, 93% dos recursos da oferta primária serão usados para aquisições, fusões e crescimento orgânico. O grupo também pretende realizar uma oferta secundária, mas não deu detalhes. 

Atualmente, as famílias Padovesi e Figueiredo possuem, juntas, 56,5% do capital da empresa. Os outros 43,4% estão nas mãos do fundo soberano de Cingapura (GIC). 

Crescimento

A Cruzeiro do Sul vislumbra o IPO desde 2017, mas adiou os planos para este ano. Em 2018, o diretor de planejamento da empresa, Fábio Figueiredo, afirmou, em entrevista ao Valor, que “a meta é tornar-se o terceiro maior grupo de ensino e, para chegar lá, estão analisando ativos em todo o país".

Atualmente, o conglomerado é o quinto na lista dos gigantes do ensino superior privado.

Em março de 2020, a Cruzeiro do Sul concretizou a compra da Universidade Positivo, pouco depois de adquirir o Centro Universitário Braz Cubas. Além disso, vem investindo na expansão da infraestrutura dos seus campi. 

Neste ano, a Cruzeiro do Sul inaugurou um campus de 20 mil metros quadrados em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. O prédio tem capacidade para atender a 8 mil alunos.

Com a expansão, o conglomerado chegou a cerca de 350 mil alunos, mais de 9 mil funcionários e mais de mil polos em todo o Brasil, figurando como o quinto maior grupo educacional do país.

O pedido de IPO do grupo educacional é liderado pelos bancos Bradesco BBI, BTG Pactual, Bank of America, Morgan Stanley e Santander. 

O Seu Dinheiro entrou em contato com a Cruzeiro do Sul para obter mais informações, mas a companhia informou que “não podem comentar nenhuma informação sobre o assunto neste momento”.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

seu dinheiro na sua noite

Costurando uma saída

Não faz muito tempo que usei este mesmo espaço para lembrá-lo de como o mercado não gosta de incertezas e a falta de uma leitura clara sobre o futuro acaba prejudicando os negócios na B3. O dia de hoje veio para provar que, mesmo em meio às incertezas, ter uma noção mais clara do caminho que […]

carreira e diversidade

Magazine Luiza abre inscrições para 2º programa de trainees exclusivo para pessoas negras

Programa aceita candidatos formados entre dezembro de 2018 e dezembro de 2021, em qualquer curso superior; fluência em língua inglesa e experiência profissional não fazem parte dos pré-requisitos

pós-brumadinho

Vale (VALE3) muda alto escalão e tenta reforçar discurso ESG

Luciano Siani Pires, que desde 2012 ocupa posição de vice-presidente finanças e RI, assumirá a vice-presidência de estratégia e transformação de negócios, cargo criado em março pela mineradora

Troca de comando

Gustavo Raposo renuncia ao cargo de presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras (PETR4); sucessor já foi escolhido

Com a saída de Raposo, o conselho da empresa deverá deliberar sobre a nomeação do atual diretor de Serviços para o comando

atenção, acionista

Dividendos: WEG (WEGE3) paga R$ 86,8 milhões em juros sobre capital próprio

Valor líquido é de R$ 0,017 por ação; terão direito aos proventos acionistas na base em 24 de setembro, segundo a companhia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies