Menu
2020-01-13T14:44:57-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
abrindo o cofre

BNDES aprova financiamento de R$ 97 milhões à Cocal Energia

Recursos serão usados para construção de uma planta de produção de biogás e geração de energia elétrica em Narandiba (SP)

13 de janeiro de 2020
14:44
BNDES
Imagem: Agência Brasil

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta segunda-feira (13) que aprovou financiamento de R$ 97,1 milhões para a Cocal Energia.

Os recursos serão usados para construção de uma planta de produção de biogás e geração de energia elétrica em Narandiba (SP). A Cocal pretende produzir 33 milhões de m³/ano de biogás com o projeto.

Os insumos para o processo são subprodutos de cana-de-açúcar - a palha, a torta de filtro (resíduo da filtração do caldo de cana) e a vinhaça. A intenção é aproveitar os resíduos gerados durante a produção de etanol e açúcar da unidade da Cocal na cidade.

O total gasto para a implementação será de R$ 139,7 milhões - cerca de R$ 30 milhões são de empréstimos de recursos do Fundo Clima.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Produto Interno Bruto

PIB pode cair em torno de 4% em 2020, diz Guedes

Ministro afirma que o o Brasil gastou 10% do Produto Interno Bruto na ‘operação de resgate na pandemia’; projeções de mercado estão em recuo de 5,5% a 5,0%

DEVAGAR COM O ANDOR

‘Há grande trabalho a fazer antes de decisão sobre moedas digitais’, diz presidente do Fed

Powell diz que é preciso ter certeza que divisas digitais podem melhorar a efetividade e segurança do sistema de pagamentos

Facilitação do comércio

Bolsonaro cita pacote de acordos comerciais e anticorrupção com os EUA

Presidente afirma que o Brasil vai continuar sua ‘ambiciosa agenda de reformas’, após a aprovação da reforma da previdência

DE SAÍDA?

C&A sobe mais de 8% após notícia sobre controlador querendo vender sua fatia na empresa

Família controladora já se desfez de participações no México e na China para se concentrar na Europa

FUSÕES E AQUISIÇÕES

brMalls avalia fusão com operadora privada de shopping centers

Combinação parcial de portfólios pode resultar na criação de um dos maiores nomes do setor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements