Menu
2020-03-11T14:07:25-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
olho no balanço

Após venda em participações, BNDES tem lucro recorde de R$ 17,7 bilhões em 2019

Venda de participações societárias somou R$ 16,25 bilhões, com lucro bruto de R$ 11,4 bilhões

11 de março de 2020
14:01 - atualizado às 14:07
edit_vac_abr_16071919198
O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, durante entrevista coletiva, no Ministério da Economia. - Imagem: Valter Campanato / Agência Brasil

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro líquido de R$ 17,7 bilhões em 2019 — crescimento de 164% em relação ao ano anterior, quando obteve R$ 6,71 bilhões. Segundo o banco, o desempenho foi impulsionado pelo resultado das participações societárias.

A venda de participações societárias, que contribuiu em grande parte para o desempenho financeiro do BNDES, somou R$ 16,25 bilhões, com lucro bruto de R$ 11,4 bilhões. A venda das participações era uma das metas transitórias do banco divulgadas no segundo semestre do ano passado.

No ano passado, o BNDES contribuiu com R$ 142,2 bilhões ao Tesouro Nacional, dos quais R$ 132,5 bilhões eram relativos à dívida com a União. Dentro desse total, R$100 bilhões foram liquidações antecipadas.

Os pagamentos ordinários somaram R$ 23 bilhões, a título de dividendos, foram R$ 9,5 bilhões e, em forma de tributos, R$ 9,7 bilhões. A devolução de recursos ao Tesouro também era uma das metas transitórias divulgadas pelo banco no ano passado.

A carteira de crédito em dezembro de 2019 chegou a R$ 441,8 bilhões, com destaque para a redução de 0,84% da inadimplência no ano.

O lucro líquido do BNDES no quarto trimestre do ano passado atingiu R$ 1,2 bilhão e significa 2,5 vezes o que foi obtido no mesmo período em 2018 e queda de 55% na comparação com o terceiro trimestre de 2019.

*Com Agência Brasil

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

crise nos eua

EUA registram 6,648 milhões de pedidos de auxílio-desemprego, novo recorde

Leitura da semana anterior, que até então havia sido recorde, foi revisada de 3,283 milhões para 3,307 milhões de pedidos

Na contramão do exterior

Alta do petróleo impulsiona o Ibovespa, mas cautela com o coronavírus limita os ganhos

O Ibovespa destoa das bolsas externas e opera em alta, sustentado pelo bom desempenho das ações da Petrobras em meio ao salto nas cotações do petróleo. No entanto, a cautela por causa da Covid-19 pressiona os ativos globais e impede que os ganhos sejam maiores por aqui

diante da crise

Cortes de emprego nos EUA disparam em março com coronavírus

Número saltou de 56.660 em fevereiro para 222.288 em março

dinheiro no caixa

Petrobras fecha acordo com Sete Brasil e vai reverter provisão de R$ 634 milhões

Anúncio dá mais fôlego para a companhia, que deve ter uma redução de receitas por conta da crise do coronavírus e da disputa de preços

tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para você começar o dia bem informado

Se o coronavírus colocou a população sob isolamento domiciliar, também levou quem estava “isolado” a abrir as portas. Estou falando de diversos fundos de investimento que estavam fechados para novos investidores e agora estão reabrindo para captação. Uma das gestoras que entrou nessa onda foi a Truxt, que tem R$ 12 bilhões na carteira. Em […]

efeitos da crise

BCE adia revisão de estratégia política monetária para 2021

Eventos públicos do BCE e dos bancos centrais nacionais do Eurosistema que estavam planejados para o primeiro semestre deverão ocorrer apenas na segunda metade de 2020

Conteúdo Patrocinado

De volta ao jogo: Ivan Sant’Anna retorna para a bolsa

A volta do Ivan é algo como se o Michael Jordan voltasse hoje a jogar na NBA, ou se o Fenômeno retornasse ao futebol nesta semana.

esquenta dos mercados

Esperança com resolução para crise do petróleo anima mercados, mas covid-19 segue no radar

Mesmo com o alívio das bolsas do exterior, os investidores seguem monitorando os números de casos de covid-19 e as medidas do governo para suporte da população

expectativa

Acredito que Rússia e Arábia Saudita farão acordo sobre petróleo, diz Trump

Republicano confirmou que se encontrará com empresas petrolíferas nesta sexta-feira, 3

diante da crise

Câmara aprova projeto que permite adiar recolhimento de INSS de funcionários

Proposta prevê que as companhias deixem de recolher a contribuição previdenciária dos trabalhadores por 60 dias, prorrogáveis por mais 30

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements