Menu
2020-07-22T13:36:08-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
efeito coronavírus

Ação da Vale cai com produção abaixo do esperado, mas XP mantém compra

Corretora vê com otimismo a manutenção das projeções da mineradora e estima que ações ainda podem subir; vendas caíram no segundo trimestre e resultado completo é divulgado no próximo dia 29

21 de julho de 2020
11:13 - atualizado às 13:36
Vale
Imagem: Shutterstock

As ações da Vale caem na manhã desta terça-feira (21) após a companhia divulgar um crescimento de produção de minério de ferro abaixo do esperado no segundo trimestre. A XP Investimentos, que analisa o desempenho da empresa, no entanto, manteve a recomendação de compra da ação.

Por volta das 10h40, os papéis da mineradora (VALE3) recuavam 1,3%, a R$ 59,98 – no último ano, acumulam alta de 16%. O valor está próximo do preço-alvo da XP em 12 meses, de R$ 61. Veja a cobertura de mercados do Seu Dinheiro.

A recomendação da corretora é feita com base na manutenção do guidance [projeção] de produção para este ano entre 310 e 330 milhões de toneladas por parte da Vale. "A produção em junho de 25 milhões de toneladas [23% acima da média dos 5 primeiros meses do ano] mostra tendência de recuperação para o segundo semestre", diz o analista Yuri Pereira.

A avaliação da corretora é de rentabilidade de 10% da geração de caixa em 2020, considerando o preço do minério de ferro a US$ 70/t ao final do ano. "Em nossa análise de sensibilidade, para cada US$ 10/t de aumento no preço do minério, o Ebitda da Vale aumenta cerca de US$ 3 bilhões".

Por que otimismo

A recomendação de compra para as ações da Vale não é isolada. Em meio à pandemia, as ações da mineradora são apontadas pelas casas de análise como um tipo de papel defensivo diante das incertezas globais.

A avaliação de parte do mercado é que a gestão da empresa tem se dedicado ao controle de custos e à redução de capex e endividamento. Há ainda a valorização do dólar frente ao real, que tende a beneficiar o caixa da companhia.

Outra explicação do exterior é o movimento do mercado chinês. O país já começou o processo de retomada pós-pandemia, aumentando a demanda por minério de ferro - a China é o maior consumidor global da commodity.

Produção sobe, venda cai

A produção do minério informada pela Vale foi de 67,6 milhões de toneladas no segundo trimestre – alta de 5,5% na comparação anual, mas 2% abaixo do consenso do mercado. Já as vendas de minério de ferro e pelotas caíram 13%, considerando o mesmo período comparativo, a 61,6 milhões de toneladas.

A baixa nas vendas aconteceu por causa da manutenção de correias transportadoras de longa distância no Sistema Norte e por conta da pandemia, que reduziu o número de funcionários das operações – compensado em parte pelo nível de produção no mês de junho.

O relatório divulgado pela Vale ajuda o mercado a calibrar as expectativas para os resultados completos do segundo trimestre – e para o restante do ano. A mineradora revela os números do período no próximo dia 29, quarta-feira, após o fechamento do pregão.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Estamos em um novo ciclo de alta de commodities?

Por que está se falando tanto em commodities? Isso é o que Matheus Spiess te explica no vídeo de hoje. Observando o histórico de ciclos de alta de commodities, presenciamos ciclos de altas de preços nas matérias primas. E estudos dizem que estamos na beira de um SUPERCICLO. Vamos ao passado: Início de 1900: 2º […]

Controle total

Petrobras: Cade aprova venda da participação da estatal em eólica para FIP Pirineus

Após a assinatura do acordo de R$ 32,97 milhões, o FIP Pirineus passa a deter o controle unitário do empreendimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies