Menu
2020-11-13T11:42:29-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
estreia morna

3R Petroleum abre capital e quer usar dinheiro de IPO para comprar ativos da Petrobras

Empresa levantou R$ 555,7 milhões em IPO na B3, prometendo usar mais da metade dos recursos para comprar ativos da estatal – mas estreia nesta quinta foi morna

12 de novembro de 2020
17:20 - atualizado às 11:42
Petrobras
Imagem: shutterstock

Uma novata na bolsa de olho em uma gigante estatal. A 3R Petroleum (RRRP3) estreou nesta quinta-feira (12) na B3, após prometer usar mais da metade dos recursos do IPO (oferta pública de ações) na compra de ativos da Petrobras.

A empresa levantou R$ 555,7 milhões ao abrir capital na B3, movimentando um total de R$ 690 milhões. Em documento ao mercado, a empresa - cujos maiores acionistas são a DBO Energia e os fundos 3R e Esmeralda - fala em destinar 55% dos recursos para comprar ativos da estatal brasileira.

Criada em 2014, a 3R Petroleum atua na revitalização de campos maduros de petróleo e gás em terra e águas rasas - e que não recebem investimentos significativos de seu atual operador devido à mudança de foco para o pré-sal.

Outros 30% dos recursos do IPO serão para dar continuidade na aquisição de ativos da Petrobras em curso. A empresa fechou neste ano a compra de 65% do ativo Pescada-Arabaiana, 100% do Polo Fazenda Belém e 100% do Polo Rio Ventura. As operações somam US$ 118 milhões.

"Finaciaremos parte destas obrigações de aquisições com os recursos líquidos da oferta, parte com dívidas e também com a própria geração de caixa dos ativos", disse a empresa em documento ao mercado.

3R Petroleum tem estreia morna

Depois de precificar a ação a R$ 21 no IPO - abaixo do piso da faixa indicativa, que era de R$ 24,50 a R$ 31,50 - a 3R Petroleum teve uma estreia morna nesta quinta-feira.

Por volta das 16h40, os papéis eram negociados a R$ 21, depois de baterem R$ 22,38 na máxima e R$ 20,25 na mínima. O desempenho não é de todo ruim porque o dia é negativo na bolsa, com a Petrobras caindo mais de 4% no mesmo horário.

Em evento realizado pela B3, o CEO da 3R Petroleum, Ricardo Savini, disse que a empresa é socialmente sustentável - apesar de lidar com um setor da "velha economia".

"Com os nossos 3 ‘Rs’ (Redesenvolver, Revitalizar, Repensar campos petrolíferos), aproveitamos melhor os recursos existentes, poupando o meio ambiente sem deixar de produzir commodity tão importante para nossa economia”, disse.

A tese vendida ao mercado é de que a empresa evitaria o declínio de campos que já contam com infraestrutura instalada há décadas, "evitando assim o declínio econômico de cidades", segundo o CEO.

O IPO da 3R Petroleum é o primeiro do setor de óleo e gás na bolsa brasileira em 10 anos. A companhia é a 160ª listada no Novo Mercado, segmento com alto padrão de governança corporativa.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies