Menu
2020-11-05T09:04:41-03:00
Estadão Conteúdo
Recuperação

Venda no varejo sobe 21,8% em outubro ante setembro

Em um ano, porém, houve queda de 9,2%, segundo dados da Associação Comercial de São Paulo (ACSP)

5 de novembro de 2020
9:04
varejo vendas lojas
Imagem: Shutterstock

As vendas varejistas na capital paulista cresceram 21,8% em outubro em relação a setembro, informa a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) com base em dados da Boa Vista. No entanto, na comparação com o décimo mês do ano passado, houve queda de 9,2%. "Embora positiva, a curva econômica ascendente, como mostra o indicador mensal, deve ser analisada sob o ponto de vista de recuperação", pondera nota da ACSP.

De acordo com a associação, o crescimento nas vendas do comércio na cidade de São Paulo de outubro ante setembro foi impulsionado pela movimentação do Dia das Crianças. A data, explica, ajudou a incrementar as vendas nos segmentos de brinquedos e roupas, ajudando a reduzir um pouco mais as perdas acumuladas em razão do fechamento do comércio pelo isolamento social por conta da pandemia de coronavírus.

Apesar de o cenário ainda exigir cautela, a ACSP reforça que há uma tendência gradativa de aumento no varejo da capital. Essa expansão, cita, é explicada pelo consumo das famílias assistidas pelo auxílio emergencial e pela flexibilização das medidas de isolamento com a reabertura segura dos estabelecimentos comerciais.

Para o economista da ACSP Marcel Solimeo, fatores como o crescimento do emprego e o impacto do auxílio emergencial, ainda que o valor da parcela tenha sido reduzido, contribuíram para que os índices se mantivessem em elevação. A expectativa de Solimeo é que as vendas em dezembro deste ano fiquem parecidas com as de 2019. "Em um cenário mais otimista, baseado na amostra da Boa Vista S/A, é possível que tenhamos uma leve alta na comparação dezembro com dezembro", estima.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

APRENDENDO COM O PROFESSOR BESSEMBINDER

O clube dos 900%: o que você pode aprender com os maiores casos de geração de riqueza da Bolsa americana

Empresas quebrando são mais frequentes que empresas dominando o mundo em algumas décadas. Mas poucos acertos podem rechear a sua carteira e garantir sua aposentadoria precoce.

Entrevista

‘Desemprego alto e déficit público nos deixam cautelosos’, diz presidente da Whirlpool

CEO da fabricante das marcas Consul e Brastemp diz estar cauteloso para investir em produção e em relação à sustentabilidade da demanda, por conta de desemprego e da situação fiscal

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies